Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

As mulheres normalmente são julgadas, desacreditadas e forçadas a gerar rivalidade entre si. Contradizendo todos esses aspectos, a sororidade vem fortalecendo a comunidade feminina e formando uma potente rede de apoio. E o que não falta é exemplo no mundo da fama de celebridades que resolveram se posicionar para ajudar uma outra artista em situações pesadas e difíceis. Confira a lista e se inspire!

A pesquisa pelo termo "sororidade" aumentou absurdamente quando o "BBB20" estava indo ao ar. Na edição, as mulheres se uniram para desmascarar o plano sujo e machista que os homens da casa tinham. É sobre isso que o movimento feminista quer falar quando pauta o tema: a fraternidade feminina, incluindo o fim da rivalidade entre mulheres, que ainda é muita incentivada pelo público no mundo da fama.

"BBB20": mulheres descobrem plano de Hadson, Felipe e Lucas
"BBB20": mulheres descobrem plano de Hadson, Felipe e Lucas

A palavra tem origem do latim sor, que significa irmandade. No seu dia a dia, você pode praticá-la de diversas formas. Ao presenciar um caso de assédio, defenda a vítima. Quando incitarem a competição entre duas mulheres, repense a necessidade. Enfim, é sobre apoio, carinho, empatia e força coletiva!

Você sabe o que significa a palavra sororidade? | Capricho

No mundo das celebridades, já passamos por incontáveis casos de mulheres que deram exemplo no assunto. O Purebreak listou algumas dessas situações para inspirar você, que se considera uma feminista, a praticar a sororidade com suas "irmãs". E, claro, também queremos fazer uma homenagem à fraternidade feminina nesta semana do Dia Internacional da Mulher.

1. Luísa Sonza

Em novembro de 2020, a justiça concluiu que o processo da influenciadora digital e modelo Mariana Ferrer deveria ser categorizado como "estupro culposo", ou seja, teria sido um caso de assédio sem intenção (?). Sim, absurdo!

A jovem acusava um homem com alto poder aquisitivo, o que infelizmente dificulta a comprobação do crime na justiça brasileira, e chegou a ser humilhada durante o depoimento. Várias celebridades se posicionaram e a sociedade em geral fez repercutir a defesa pela vítima.

Luísa Sonza aproveitou, então, sua apresentação no Prêmio Multishow 2020 para mandar um recado de apoio: "Quando se trata de nós, culpado e vítima são invertidos. Quando se trata de nós, o tamanho do vestido importa mais que a nossa voz. A gente está pedindo respeito. Vocês não vão mais nos calar. Justiça por Mari e por todas nós".

2. Lady Gaga

A cantora Kesha fez uma acusação de estupro e pressão psicológica contra seu antigo produtor Lukasz Gottwald, em 2014. Ela o acusava de ter lhe dado uma droga dentro da bebida e tê-la estuprado em uma festa ocorrida em 2005.

Quando Kesha perdeu a ação judicial, em 2016, Lady Gaga demonstrou apoio para a amiga em diversas publicações nas redes sociais. Em uma delas, escreveu: "Pode não parecer agora, mas você [Kesha] tem dado força a muitas que também têm medo de falar". E concluiu dando uma super força: "O que você fez tem e terá um impacto imensurável".

Gaga também deu depoimento a favor de Kesha, em 2017, e lutou incansavelmente contra os advogados de Dr. Luke, como é conhecido o produtor. "Eu formulei uma opinião muito clara sobre ele e sua reputação quando vi aquela garota em um quarto dos fundos. Essa era a imagem de... algo que tinha acontecido comigo mesma, e eu senti e soube no meu coração que [Kesha] estava dizendo a verdade, e acredito nela", declarou no ocasião.

A cantora continuou defendendo a veracidade do caso, quando perguntada se poderia provar o que havia acontecido: "Ela me disse. E a gente sabe que quando os homens estupram as mulheres não costumam convidar outras pessoas para assistir, e quando isso acontece em um contexto como o do nosso setor, é mantido em segredo". Gaga concluiu: "Eu tenho informação comprovada sobre sua depressão, sua necessidade de apoio e carinho. Tenho informações comprovadas sobre a espiral em que vi aquela garota se afundar".

3. Taylor Swift

Kesha vs. Taylor Swift - Page 6 - The L Chat

Taylor Swift, que agora está regravando seus antigos álbuns também por conta de uma ação judicial injusta, foi uma outra artista que deu um super apoio para Kesha. Em entrevista à Rolling Stone, a cantora revelou que Taylor fez uma doação de 250 mil dólares para ajudar com as despesas jurídicas durante o andamento do processo.

Claro que o apoio emocional é super importante, mas o exemplo mostra que a sororidade pode se manifestar também em ajudas financeiras e estruturais. Kesha comentou ainda sobre o carinho de Swift: "Ela é uma pessoa muito querida. Muito, muito doce. Muito generosa, ela sempre atende o telefone quando eu ligo. Nem a minha mãe atende o telefone quando eu ligo!"

4. Normani

Black Face Claim - Normani Kordei - Wattpad

Normani prestou um apoio importantíssimo para Leigh-Anne Pinnock, integrante do grupo Little Mix, após um desabafo sobre racismo no mundo da música. No vídeo, Leigh explicava sua indignação com o conselho de que as integrantes negras deveriam trabalhar dez vezes mais, o que acaba não sendo mentira.

"Minha realidade era ser solitária enquanto fazíamos turnês por países predominantemente brancos. Eu cantei para fãs que não me enxergavam, não me escutavam e não vibravam por mim. Minha realidade era me sentir ansiosa em encontros de Meet and Greet [quando os artistas encontram presencialmente os fãs], porque eu sempre senti que era a menos preferida", disse a cantora.

A ex-integrante do Fifth Harmony comentou a publicação compartilhando da mesma dor: "eu sou você e você é eu. Eu te enxergo, irmã". "Esta é a razão pela qual sempre ter sentido uma conexão com você. Estarei aqui para sempre para você, irmã", respondeu Leigh.

No feminismo negro, muitas pessoas usam o termo "dororidade" quando duas mulheres pretas se dão apoio por conta de uma situação de racismo. É uma conexão única e necessária que, infelizmente, é marcada pela dor.

5. Leigh-Anne

Leigh-Anne, do Little Mix, deixa no ar possível discriminação sofrida por  ela em premiação de rádio britânica - Febre Teen

E a fraternidade feminina vai sendo passada à frente. Leigh-Anne fez uma publicação dando apoio à Meghan Markle, após entrevista da Duquesa e do Príncipe Harry para Oprah Winfrey. Na conversa, Meghan falou sobre sua saúde mental e o racismo que sofreu na Inglaterra.

No Dia Internacional da Mulher, a cantora do girl group Little Mix resolveu homenagear a Duquesa e fazer um alerta sobre o estado mental de mulheres que têm suas vidas vidas expostas ao público, em especial as que são negras.

"(...) Quando você vira uma figura pública, não existe uma rede de segurança para te proteger do que as pessoas podem dizer de você. Nós vemos isso o tempo todo, especialmente com mulheres, e mais ainda, mulheres pretas. Meghan foi criticada desde o início, e nós vimos. Eu admiro a força e determinação que ela teve para falar sobre suas experiências, mostrando o racismo oculto que se esconde nas instituições Reais", dizia parte do texto.

6. Preta Gil e Anitta ajudam Lexa

No carnaval de 2019, a cantora Lexa levou um calote após ter pago para ter o próprio trio elétrico e a pessoa simplesmente ter sumido. No Instagram, a musa desabafou sobre o ocorrido e logo recebeu uma ajudinha de duas mulheres que têm super influência nos blocos da época.

Preta Gil a chamou para se apresentar em seu próprio trio e salvou o carnaval de Lexa.

Depois foi a vez de Anitta dar uma força para a cantora. Fez o mesmo que a filha de Gilberto Gil e colocou Lexa para cantar no seu famoso trio.

7. Selena Gomez

Selena Gomez aparece e mata (um pouquinho) a saudade dos fãs | Capricho

Para finalizar, vamos trazer um caso que envolve a rivalidade feminina. Sim, sororidade também é sobre evitar que toda essa pressão em colocar uma contra a outra vá para frente.

Após uma grande confusão entre Bella Hadid e Selena Gomez envolvendo o relacionamento das duas com The Weeknd, a ex-Disney resolveu colocar a cabeça no lugar e dar um fim na história.

Só tinham se passado dois meses desde o término do namoro de Bella com Abel quando o cantor apareceu em clima romântico com Selena. Assim que as primeiras fotos do casal surgiram, a modelo fez questão de deixar de seguir a cantora.

Quando as duas já estavam solteiras, Selena aparentemente queria fazer as pazes e comentou gentilmente uma publicação de Bella, mas o post foi EXCLUÍDO. De início, Gomez se irritou, porém logo voltou atrás: "NÃO. Eu não deveria ter falado nada sem saber a verdade. Me desculpem. Por favor, sejam bondosos. Ela é uma pessoa maravilhosa e tudo isso foi um mal entendido".

É isso aí! As mulheres passam por situações terríveis todos os dias e enfrentam dificuldades estruturais. Desunião nunca irá ajudar na luta coletiva, ainda mais por causa de homem, né?!

O Purebreak espera que você tenha se sentido inspirada e encorajada a apoiar mais as mulheres a seu redor. Para mais conteúdos sobre empoderamento jovem e entretenimento, continue nos acompanhando!

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema