Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Um dos grandes destaques do "The Voice Brasil" contou com exclusividade como foi se apresentar para os jurados do "The Voice US", que incluem Shakira e Adam Levine. Confira!

O cantor e participante do reality show "The Voice Brasil" Sam Alves, conversou com o Purebreak sobre como foi cantar para Shakira e Adam Levine (sonho de muita gente). O artista participou da versão americana do programa e contou que a sensação de receber um abraço apertado da diva latina, que vai fazer uma parceria com Rihanna, foi indiscritível.

"Olha, aquele abraço foi muito bom. A Shakira me mostrou ser uma pessoa amorosa; cheia de carinho. Ela realmente mostrou arrependimento por não virar a cadeira", afirmou ele que ainda recebeu grandes elogios do líder do Maroon 5. "As palavras do Adam foram um doce para mim", disparou ele.

Sam conta como foi ser eliminado do "The Voice US": "Na hora fiquei triste"

Sobre o sentimento de ser eliminado ali na hora, Sam revelou a frustração de nenhuma cadeira ter virado. "Eu me senti decepcionado e um pouco chocado pois pensei que pelo menos uma cadeira viraria. Na hora fiquei triste, mas o feedback dos técnicos me ajudou e motivou muito", relembra o artista estiloso.

Se tivesse passado no "The Voice US", qual técnico escolheria? Adam ou Shakira?

Se tivesse passado para as fases das batalhas, Sam ficaria em dúvida de qual técnico escolheria. "Eu confesso que eu entrei naquela competição querendo entrar no time do Adam Levine por causa da similaridades em estilo de música, falsetes, e também por que ele é o cara. Mas, me senti muito próximo e com mais vontade de entrar no time da Shakira depois de conhecer a pessoa maravilhosa que ela é", pondera o músico que arrasou cantando "A Thousand Years".

Se inscrever no "The Voice Brasil" não era um plano

A verdade é que graças aos jurados americanos ele conseguiu sua vaga no "The Voice Brasil" e a cada semana que passa surpreende o público. Apesar disso, se inscrever na atração brasileira não estava em seus planos.

"Na verdade foram os fãs que assistiram ao 'The Voice' americano que me mandaram mensagens nas redes sociais pedindo que eu me inscrevesse para o 'The Voice Brasil'. Minha mãe foi a minha maior motivadora. Ela me apoia muito e falou que eu deveria pelo menos fazer a inscrição e ver se seria chamado. Eu nem pensei que chegaria tão longe na competição. Estudei e me preparei para fazer da música a minha vida, mas na verdade não achei que seria algo tão rápido como está sendo agora no programa!" exclama o artista que é um dos favoritos a vencer a edição.

(Escrito por: José Corso)

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema