Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

De "Aves de Rapina": veja a evolução da Arlequina desde "Esquadrão Suicida"
De "Aves de Rapina": veja a evolução da Arlequina desde "Esquadrão Suicida"
"Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa" chegou nos cinemas e já está dando o que falar. Uma equipe de anti-heroínas quebrando tudo em Gotham é um presentão para os fãs da DC. Mas, depois da decepção com "Esquadrão Suicida", todo mundo ficou preocupado com uma coisa: Como a Arlequina seria representada no novo filme, já que agora ela é uma mulher independente, longe do Coringa? E bem... "Aves de Rapina" não decepcionou neste quesito! Vem que o Purebreak te conta as diferenças da nossa vilã favorita nos dois filmes.

Não é nenhuma novidade que a Arlequina - ou Harley Quinn, para os íntimos - de "Esquadrão Suicida" foi uma personagem, no mínimo, polêmica. Apesar de ter sido o maior destaque do filme, muito por conta da atuação maravilhosa da Margot Robbie, os fãs sentiram que a história da vilã poderia ter sido mais explorada. Além do olhar bem machista em que a colocaram - a roupa hipersexualizada, os focos da câmera no corpo da atriz e a total dependência do relacionamento abusivo com o Coringa -, ela quase não teve destaque nas cenas de luta e também não ganhou os melhores diálogos.

Image result for harley quinn gifs

Mas podem ficar tranquilos: Tudo mudou em "Aves de Rapina". Agora Harley é uma mulher independente e o filme mostra isso com detalhes tão poderosos quanto sutis, que passam o recado direitinho. E a gente te conta as 6 diferenças da personagem que mais chamaram atenção. E o melhor: sem spoilers!

1. A Harley é uma fashionista

Vamos combinar: "Esquadrão Suicida" foi muito preguiçoso e sexista com os looks da Harley. Além do micro short que ela usa a maior parte do tempo, só a vimos com o uniforme da prisão e um vestidinho que, claramente, foi escolhido por um homem. Em "Aves De Rapina", as roupas estão bem mais interessantes! Funcionam para a tela do cinema porque são incríveis de se ver, mas vão muito além disso: refletem a personalidade divertida e excêntrica da Arlequina.

Image result for birds of prey

2. Ela é muito mais inteligente do que você pensa

Caso alguém tenha esquecido, antes de se tornar a nossa vilã favorita, a Arlequina era a Dra. Harleen Quinzel - que, nos quadrinhos, é conhecida por ter um QI "nível gênio". E mesmo depois de passar pelo tratamento de choque do Coringa, ela ainda manteve as suas habilidades de psiquiatra, mas quase não vimos isso em "Esquadrão Suicida". Em vários momentos do novo filme ela ainda usa essas habilidades para entender seus inimigos e até manipulá-los.

Image result for harleen quinzel

3. As cenas de luta tem muito mais destaque

A Arlequina é uma lutadora e ginasta nata. E é claro que, apesar de também ser um filme de equipe, "Aves de Rapina" daria muito mais destaque para ela mostrar ao que veio. Enquanto no outro filme ela só teve uma cena de luta sozinha (apesar de, literalmente, ter salvado o mundo), neste nós fomos presenteados com a Harley lutando em câmera lenta, com armas, taco de baseball, marreta e até seus patins clássicos! Tudo o que ela tinha direito.

Image result for birds of prey

4. Ela está mais engraçada ainda

Se em "Esquadrão Suicida" a gente já morreu de rir com as tiradas da Arlequina, "Aves de Rapina" elevou isso à milésima potência. Tagarela como sempre, agora ela teve a liberdade de ser desbocada e completamente doida. Seja nas cenas sofrendo pelo término com o Coringa, debochando do vilão Máscara Negra, falando besteira bêbada ou fazendo piada com as companheiras de equipe, a gargalhada é certa!

Image result for birds of prey harley

5. Todas as emoções humanas que ela ainda tem

Mas nem tudo é piada no filme, viu? Em "Esquadrão Suicida" a gente já percebeu que a Arlequina tem mais dimensões do que só "ser louca". Agora, por ser a protagonista, ela mostra várias emoções e faz até a gente se identificar com ela. Vimos medo, tristeza, mágoa, raiva e até mesmo um afeto pela personagem da Cass - e pela hiena de estimação, o Bruce. Ah, nem precisa dizer que a Margot Robbie arrasou demais na atuação, né?!

Image result for birds of prey harley crying

6. A relação dela com outras pessoas

Pelo nome do filme, já dava pra perceber que não seria mais uma história em torno do relacionamento com o Coringa. A "emancipação fantabulosa" da Arlequina foi real e trouxe relações muito mais interessantes com outros personagens, não só com as outras Aves de Rapina. Ao longo do filme a gente percebe que a Harley realmente conhece as pessoas de Gotham e, claro, criou vários inimigos... Mas amigos também! A relação dela com o Doc (Dana Lee) surpreende. Ok, prometemos zero spoilers, mas aí vai um: Ela ficou mesmo magoada quando ele foi embora. Vilões também tem coração! "Esquadrão Suicida" até tentou trabalhar a amizade dela com os outros personagens, mas no final não conseguiu entregar a mesma verdade.

Image result for birds of prey harley

DC Comics
A emancipação da Arlequina em "Aves de Rapina" foi real e aqui estão 6 motivos que provam isso
Apesar do sucesso de Arlequina, Margot Robbie diz que não entende porque admiram tanto a personagem
Monte sua própria equipe de super-heróis e diremos quem você é em "Aves de Rapina"
Arlequina nos mostra como superar um ex no primeiro trailer de "Aves de Rapina". Veja!
ver todas as notícias de DC Comics Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema