Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

"Malhação": 5 vezes que a novela foi certeira ao abordar temas tabus
"Malhação": 5 vezes que a novela foi certeira ao abordar temas tabus
Ansiedade, abandono paterno, racismo e outros temas considerados tabus em nossa sociedade foram incorporados no roteiro de "Malhação - Toda Forma de Amar". De forma natural e certeira, a trama trouxe para as telinhas situações que são as realidades de muita gente. Veja 5 delas e a importância que isso têm.

Não é de hoje que "Malhação - Toda Forma de Amar" levanta discussão de temas que por muitos são considerados tabus. Assim como milhares de pessoas por aí, os personagens da trama também sofrem racismo, enfrentam crises de ansiedade e precisam lidar com o abandono paterno, por exemplo. E isso numa rotina tumultuada de tarefas, aulas, pessoas, eventos etc. Assim como a gente, né?! Portanto, veja 5 vezes que a temporada atual retratou temas pouco discutidos, mas extremamente necessários.

1. Ansiedade

Desde que bombou na internet com seu videoclipe, Nanda, interpretada por Gabriella Mustafá, tem enfrentado severas crises de ansiedade. Tudo deveria estar ocorrendo bem, já que o sonho da personagem, enfim, aconteceu, né?! Mas em momentos repentinos, ela apresenta dificuldades para respirar, tem tremores no corpo, fica com a gargante seca e uma sensação iminente de morte. Estes são alguns dos sintomas que uma pessoa diagnosticada com ansiedade possui.

Animated GIF

Pra você ver que ansiedade é doença e não mimimi! E, como toda doença, requer tratamento com um profissional especializado.

2. Gravidez na adolescência

Em "Malhação", vemos isso acontecer com Rita (Alanis Guillen), que engravidou no meio da adolescência. No entanto, seu pai a separa da bebê, dizendo para a protagonista que a criança morreu. Acontece que o número de adolescentes grávidas antes de completar os estudos não vai diminuir se todo mundo evitar falar do assunto. Pelo contrário, é bom informarmos as meninas sobre os riscos, as consequências, como se prevenir e também como dar a volta por cima.

Animated GIF

3. Racismo

O racismo também é retratado na novela de diversas formas, assim como os desafios de um relacionamento inter-racial. É o caso de Jaqueline (Gabz) e Thiago (Danilo Maia). Enquanto ela é super madura, empoderada e consciente, Thiago pena em reconhecer os próprios privilégios de homem branco e hétero. Várias vezes a personagem deu uma aula sobre preconceito racial para o namorado que, mesmo gostando dela, não entende por completo as suas revoltas.

Animated GIF

4. Abandono paterno

Falando em Jaqueline, a personagem precisou lidar com a ausência do pai, César (Tato Gabus Mendes), por boa parte de sua vida. No início da novela, pra quem não lembra, ela ainda enfrentou bastante resistência da parte dele quando insistiu por uma convivência. Mas essa não é uma realidade só da Jaqueline. Dados do IBGE de 2015 mostram que, só nos últimos dez anos, o Brasil contabilizou mais de um milhão de famílias sem pais, chefiadas por mães solo.

Animated GIF

5. Relacionamento abusivo

As pessoas têm muito receio de discutirem sobre relacionamentos amorosos abusivos. Muitas vezes por estarem em um e terem medo de sair. Mas quando é um amigo que está sendo extremamente abusivo com você? Isso também existe, sabia? Na trama, isso ficou muito nítido no comportamento de Nanda com Raíssa (Dora de Assis). No início, a dançarina de funk não se importava em ferir os sentimentos da amiga, sempre colocando-a em um nível abaixo, mas recorrendo à ela para pedir ajuda e apoio toda vez que fosse necessário.

Animated GIF

Amizade assim não dá, né?!

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema