Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

"Normal People": Marianne Sheridan (Daisy Edgar-Jones) e Connell Waldron (Paul Mescal) são os protagonistas da série irlandesa super bem-sucedida
"Normal People": Marianne Sheridan (Daisy Edgar-Jones) e Connell Waldron (Paul Mescal) são os protagonistas da série irlandesa super bem-sucedida
A série que está fazendo o maior sucesso na Europa e que merece sua atenção finalmente ganhou seu espaço aqui no Purebreak. Estamos apaixonados por "Normal People", adaptado do livro homônimo de Sally Rooney e precisamos compartilhar com vocês cinco motivos super plausíveis para assisti-la o quanto antes.

Vamos começar essa matéria já destacando que "Normal People", pra quem não ligou o nome à obra, é a adaptação do mega sucesso literário "Pessoas Normais", da autora Sally Rooney, que foi aclamado pela crítica e traduzido para mais de 25 línguas. Essa onda de adaptações é maravilhosa, né? Pois bem, a série foi feita pela emissora BBC Three em parceria com o streaming Hulu, e, em pouco tempo (ela estreou no dia 29 de abril), acabou se tornando um fenômeno de audiência do canal, com mais de 6,5 milhões de visualizações do primeiro episódio até o momento. A trama conta a complexa, e cheia de idas e vindas, história de amor entre Marianne Sheridan (Daisy Edgar-Jones) e Connell Waldron (Paul Mescal), dois adolescentes irlandeses.

Um dos motivos para ela ter conquistado tantos fãs e ser tão fiel - e, para alguns, até melhor - ao livro é porque a autora participou ativamente da produção, principalmente do roteiro. Infelizmente, o seriado não chegou em nenhum serviço do Brasil mas, por causa do sucesso, o Starsplay anunciou que vai trazê-lo para o nosso país ainda no segundo semestre deste ano. Então, pra já te preparar pra maratonar, nós separamos aqui alguns motivos para você assistir essa história maravilhosa:

1. Os personagens principais

"Normal People" conta a história de amor cheia de idas e vindas de Marianne (Daisy Edgar-Jones) e Connell (Paul Mescal)
"Normal People" conta a história de amor cheia de idas e vindas de Marianne (Daisy Edgar-Jones) e Connell (Paul Mescal)

Marianne é uma menina rica e super inteligente, que não é nem um pouco popular na escola, sofrendo até bullying de seus "colegas" de classe. Por outro lado, Connell é um rapaz de origem humilde, que estuda no mesmo colégio que ela e é um dos principais atletas da instituição. Super popular, ele não defende a protagonista quando escuta os amigos falarem absurdos sobre a garota, apesar de ter um bom coração.

Não se deixe enganar por essa descrição superficial dos dois, já que os personagens são cheios de camadas e histórias próprias super envolventes. Além disso, os atores que dão vida a eles, Paul e Daisy, estão incríveis nos papéis, dando a devida profundidade e sensibilidade para todas as dificuldades que os dois passam, entregando uma atuação emocionante e que deixa todo mundo que vê com o coração na boca!

2. A história de amor

Em "Normal People", Marianne (Daisy Edgar-Jones) e Connell (Paul Mescal) se encontram em vários momentos da vida
Em "Normal People", Marianne (Daisy Edgar-Jones) e Connell (Paul Mescal) se encontram em vários momentos da vida

Como vocês já perceberam, essa é uma história de amor cheia de reviravoltas e surpresas. De início, esses dois adolescentes se descobrem apaixonados depois que interagem fora da escola toda vez que o menino vai buscar a mãe na casa de Marianne, onde ela trabalha como diarista. De início, eles decidem, em comum acordo, não contar a ninguém sobre o romance quente - e bota sexo nisso! - e profundo que vivem, mas, claro, isso acaba se virando contra eles em um certo ponto da trama e os separando. Para além disso, suas histórias se cruzam ao longo dos anos, cheias de altos e baixos, conforme eles amadurecem e se encontram em momentos distintos da vida em que - spoiler - até os papéis que tinham na época do Ensino Médio se invertem. Como não torcer pra isso dar certo, né?

3. A evolução da trama

"Normal People" é uma história de amor e também de como a vida na adolescência pode moldar a personalidade dos adultos
"Normal People" é uma história de amor e também de como a vida na adolescência pode moldar a personalidade dos adultos

E não é só do sentimento forte que eles sentem um pelo outro que se faz a série, os dramas individuais para além do casal de Marianne e Connell nos envolvem de uma forma que parece que estamos vivendo aquilo. As decepções, felicidades, alívios e tudo mais são retratadas incrivelmente bem e de forma honesta - nada ali parece uma comédia romântica dos filmes, são situações que poderíamos perfeitamente viver em nossas próprias rotinas - conforme os anos passam na vida desses dois protagonistas.

Mesmo que os episódios tenham meia hora de duração, é perfeitamente possível sentir a passagem do tempo e como conseguiram fazer com que o livro fosse praticamente replicado ali.

4. A trilha sonora

"Normal People": a trilha sonora tem nomes que vão de Selena Gomez a Frank Ocean
"Normal People": a trilha sonora tem nomes que vão de Selena Gomez a Frank Ocean

Essa parte merece seu devido destaque sim! Nada como uma trilha sonora bem escolhida para nos colocar no clima melancólico da cidade irlandesa de Sligo e da história do nosso casal favorito. Com grandes nomes que vão de Selena Gomez a Frank Ocean, CHVRCHES, London Grammar e Carly Rae Jepsen, não tem como não se sentir abraçado e mergulhar de cabeça nesse universo próprio de Marianne e Connell. Você vai terminar cada episódio e correr pra procurar as faixas que estavam nele, nós não temos dúvidas!

5. Abordagem de assuntos tabu na época da adolescência

"Normal People" é um dos maiores sucessos de 2020
"Normal People" é um dos maiores sucessos de 2020

Além do amor no início da vida que tanto nos deixa inseguros e à flor da pele, a produção não deixa pra trás questões como sexo e a realidade crua da vida sexual quando ela nem sempre sai como imaginamos, bullying, assédio sexual, abuso psicológico, privilégios e como tudo isso pode sim influenciar a formação dos jovens de hoje em adultos do futuro. Tudo é levado com seriedade, até o que parece ser o menor dos problemas. Não vemos os protagonistas sendo menosprezados pelos adultos ou tratados como crianças, pelo contrário, as consequências dos seus atos são muito bem colocadas e servem de lição para o crescimento pessoal de cada um que está ali aprendendo.

E aí, ficou com vontade de assistir? Dá uma olhadinha no trailer e já pode começar a cobrar o Starsplay de lançar essa série maravilhosa que é "Normal People" aqui no Brasil:

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema