8 Fotos
Veja as fotos!
Anitta usou as redes sociais para rebater uma nova provocação feita pelo Presidente Jair Messias Bolsonaro na noite desta última segunda-feira (21). Desta vez, a patroa alertou sobre o atual cenário da economia e reclamou da falta de ensino no Brasil. Veja outras lições que a intérprete de "Girl From Rio" deu no político nesses últimos tempos!

Além de representar o Brasil mundo à fora por seu talento, Anitta aproveita de toda sua visibilidade para trazer pautas relevantes para a sociedade, como saúde, economia, bem-estar e até mesmo educação. Pelas suas redes sociais, a intérprete de "Girl From Rio" também abre espaço para discutir sobre políticas e cobra dos governantes posturas apropriadas para cada um de seus cargos.

Bolsonaro alfineta e Anitta reage: "País vai ladeira abaixo"

Nesta semana, o Presidente Jair Messias Bolsonaro respondeu a uma pergunta sobre a implementação de processos para uma retomada da "conscientização das crianças" através do ministério da educação. "Você não consegue, é um transatlântico. Tem ministério que é um transatlântico, não dá pra dar um cavalo de pau. Eu gostaria imediatamente de botar a educação moral e cívica, um montão de coisas lá, coisas boas", respondeu o político.

Em seguida, Bolsonaro mencionou a live de Anitta com Gabriela Prioli, comentarista da CNN, mas sem citar nomes. "Outro dia eu tive o saco de ver, uns 10 minutos, duas mulheres – podia ser dois homens também, né? – ela não sabe nada, não sabe o que é poder executivo. Daí ela fala: "não existe deputado municipal?". Essas coisas absurdas. Isso aí não é essas pessoas apenas não, é comum", finalizou ele.

Anitta fez questão de rebater o comentário de Bolsonaro. A cantora compartilhou o vídeo em seu Instagram Story e escreveu: "Mais uma vez, o presidente do país ocupado vendo o que eu faço ou deixo de fazer da minha vida. E, por isso, o país vai ladeira abaixo...Ao invés de se preocupar com essa economia, que o senhor disse que ia salvar, indo pro buraco"

Mais vezes que Anitta deu lição em Bolsonaro

Essa é só mais uma das vezes que Anitta deu uma lição daquelas no Bolsonaro. Quem acompanha fielmente a "Girl From Rio", já a viu em diversos momentos rebatendo as falas incabíveis do político. O Purebreak listou mais algumas para recordar. Acompanhe!

Manifestou contra o cenário econômico no país

O deboche de Bolsonaro irritou Anitta, que alertou sobre o cenário econômico do Brasil. No ano, a alta do preço médio da gasolina, por exemplo, é de 49,48%. Recentemente, o combustível havia registrado a sexta semana consecutiva de alta.

"É isso mesmo presidente. Eu e mais da metade dos brasileiros não sabem quais são os três poderes, não sabem o dever, por exemplo, do senhor – que ao invés de estar preocupado com o que eu estou fazendo da minha vida, devia estar cuidando do país, não é mesmo? Olha os preços de tudo aqui no nosso país, essa economia que o senhor disse que ia salvar", começou Anitta.

Pediu mais maturidade da parte de um Presidente

Em seguida, a patroa disse que foi após aprender com a sua amiga Gabriela Prioli que não votaria mais em políticos que debocham da população.

"Nunca votarei em políticos que fazem piadas sobre cidadão que não entende de política, porque um bom político ele deveria saber que o ensino público brasileiro é uma bosta e a gente não entende nada de política se a gente depender do ensino que nos é fornecido no nosso país", declarou.

Criticou as campanhas a favor de Bolsonaro

Em meio a pandemia e milhares de mortes dos brasileiros por conta da Covid-19, Jair Messias fez algumas passeatas a favor de seu mandato. As manifestações foram duramente criticadas por Anitta, que não economizou ironias sobre as comemorações: "O Brasil está bom em qual aspecto? Celebrando o quê? Qual a celebração? O que está rolando de bom para celebrar? Qual o motivo para celebrar nesse momento? Não estou entendendo, estou muito confusa".

Foi contra mandatário de voto impresso

Ainda este ano, Bolsonaro mobilizou seus apoiadores a favor do voto impresso ao comentar sobre a PEC do voto impresso. Mas segundo a artista, o mandatário desperdiça o tempo dos brasileiros e chamou a situação de "palhaçada".

"O país se desfazendo em preços altíssimos, desemprego e mortes... E o presidente gastando o tempo das pessoas com palhaçada de voto impresso.... Alguém precisa mandar no fax ou no bip dele o que que está precisando de verdade no Brasil", escreveu ela.

Defendeu que a bandeira do Brasil não define um partido

Anitta defende que a bandeira do Brasil não define nenhum partido ou representa um político, como muitos eleitores de Bolsonaro tem se apropriado. "E essa estratégia de usar a camisa do Brasil como se fosse do 'partido' desse fã clube do maluco? Agora a gente não pode usar mais roupa do Brasil que já acham que a gente faz parte do grupo dos doido", reclamou.

Incentivou o estudo durante isolamento social

Para ajudar as pessoas a passarem pelo período de isolamento social, Anitta usou as plataformas para fazer lives com treinos de exercício físicos, culinária, política e até disponibilizou aulas de francês. A atitude da carioca foi debochada por Bolsonaro em diversos momentos e ela rebateu:

"O presidente sabendo mais da minha vida do que da crise ambiental/financeira/ etc etc do país que ele devia tá cuidando... bom eu estou aqui estudando tudo que posso aprimorar meu trabalho e me fazer crescer. E você? Tá fazendo o que além de caçar treta na internet".

Se importou com o turismo

Em 2020, Anitta ficou revoltada com a notícia de que um mandatário da nação pretendia afundar 73 navios de forma artificial, no litoral brasileiro, para estimular o turismo. Pelas redes sociais, ela questionou sobre a economia no momento em que a saúde estava entrando em colapso por conta da covid-19.

"Como a gente vai adquirir mais turistas para nossa cidade? Tendo uma cidade limpa, um ar puro, uma comida limpa, sem veneno, que ninguém morre depois de comer, uma água limpa, que não fede a esgoto e a terra. Entendeu? Assim a gente vai conseguir turismo. Qual turista que vai se meter na cidade cheia de violência?", questionou.

Alertou sobre o meio-ambiente

Ainda no mesmo ano, a cidade do Rio de Janeiro sofreu com água barrenta, com mal gosto e mal cheiro. Anitta novamente alertou sobre a importância de cuidar do meio-ambiente:

"Não, vamos lá, fazer mais gado, agricultura, economia! Fica aí, então vai, mata a natureza, enche o bolso de dinheiro, e fica em casa preso: não pode sair, não pode interagir com os outros, não pode mergulhar, não pode nada, porque está acabando com o mundo. Um vírus está conseguindo acabar com a economia mundial. Ainda está duvidando do poder da natureza, do mundo, do planeta? Ao meu ver, isso é o planeta se revoltando".

É a favor da democracia

Anitta, assim como muitos brasileiros, ficou chocada com o número de mortes pela doença no Brasil. No país, o total de vítimas bateu a marca de 613 mil. A artista culpou o Presidente por isso e pediu pela saída do político do cargo: "é sobre 'fora Bolsonaro', sim! A favor da democracia, da economia, da saúde, da educação, do senso coletivo", escreveu em post no Twitter.

Anitta
Anitta quer um crush e nós listamos 5 ótimos pretendentes famosos!
Os 30 looks mais icônicos usados pela Anitta em 2021
Anitta se posiciona sobre remix de Melody e alfineta: "Música não é bagunça"
Melody faz piseiro de "Faking Love", de Anitta. Qual sua versão favorita?
ver todas as notícias de Anitta Ver + matérias
Famosos
do momento
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema