Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Você acha que está cuidando do seu corpo pelos motivos certos?
Você acha que está cuidando do seu corpo pelos motivos certos?
Cuidar do nosso próprio corpo é essencial para termos uma vida de qualidade. No entanto, a pressão estética faz com que muitas pessoas não façam isso do jeito certo. Afinal, do que adianta tratar com cuidado algo que você não gosta? Não tá entendendo nada do que o Purebreak está falando? Vamos explicar!

Se você é uma pessoa que sempre foi gorda, com certeza cresceu ouvindo que precisava perder peso, fazer exercícios e se alimentar bem. Tirando essa história de emagrecer, que só cabe a própria pessoa decidir, as outras duas dicas são ótimas e todos nós devemos obedecer para ter uma qualidade de vida melhor. No entanto, por conta desse primeiro "conselho", cumprir os outros dois acaba se tornando um problema. Não tá entendendo? Recentemente, uma publicação sobre esse assunto viralizou no Twitter e ela diz exatamente o que o Purebreak está tentando explicar:

A pressão estética e, principalmente, a gordofobia, fazem com que milhões de pessoas odeiem cada vez mais os seus próprios corpos. Além disso ser problemático por si só, faz com que muita gente acredite que esse ódio é motivação necessária para mudar. Será mesmo? Bom, é certo que essa vontade de mudar faz uma galera ir atrás da academia mais próxima, mas quantos irão frequentar esse espaço com a real vontade de estar ali? Esse pode até não ser o seu caso, mas é bem provável que você tenha vários amigos que vivem reclamando de fazer exercício.

E é isso: as pessoas não aprendem a gostar de fazer exercício, não são estimuladas a procurar algum esporte que gostem. É apenas dito que elas precisam praticar alguma atividade para se encaixarem dentro de um padrão de beleza ou não engordarem. Ou seja, no fim das contas, são poucos aqueles que realmente estão atrás de uma vida saudável e não de um corpo de capa de revista. Já tinha parado pra pensar sobre isso?

É óbvio que o Purebreak entende que amar o próprio corpo não é algo que a gente aprende de um dia pro outro, já que, na maioria das vezes, somos ensinados a sentir o contrário. Recentemente, a nossa querida Maisa fez um vídeo sobre autoestima e fez um comentário bastante pertinente: nosso corpo é o nosso templo. Gostando ou não, ele é a nossa casa e antes de mais nada devemos respeitá-lo.

Todo mundo possui as suas diferenças, até mesmo quem está dentro do tal padrão de beleza. A verdade é que essa história de corpo perfeito é feita justamente para alimentar essa ideia de insatisfação em todo mundo, fazendo com que as pessoas consumam dietas malucas e produtos ditos "milagrosos". Além disso, a obsessão por emagrecer pode gerar outros problemas bem mais sérios, como distúrbios alimentares. E tudo isso começa quando passamos a olhar para o nosso corpo com ódio.

Existem bilhões de pessoas no mundo e nenhuma é igual a outra. Nossos corpos são únicos e carregam a nossa história. Querer emagrecer ou mudá-lo de alguma forma não é o problema, mas o que te motiva a fazer isso é um grande diferencial. Faça aquilo que te faz bem e respeite a sua casa.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema