Jornalista e entusiasta do pop, posso escrever o dia todo sobre Taylor Swift ou BLACKPINK, enquanto maratono minhas séries preferidas.
O K-drama "Tomorrow" se envolveu em polêmia com fãs do BTS após usar nomes e datas de aniversário dos integrantes em cena. O problema foi que as identidades estavam em uma lista de assassinados, o que grande parte do Army achou desrespeitoso. A empresa responsável pela produção se pronunciou na última terça-feira (17) e explicou o que rolou. Veja mais!

As produções sul-coreanas, também conhecidas como K-dramas, estão fazendo cada vez mais sucesso. Assim, é comum que os olhos de todo o mundo reparem em cada detalhe, de cada cena. Foi o que aconteceu com "Tomorrow", título da emissora MBC, que acabou gerando uma grande polêmica com es fãs do BTS .

O K-drama, que está disponível na Netflix Brasil, resolveu utilizar nomes e datas de nascimento dos integrantes em uma lista de assassinados, o que acabou sendo muito mal visto pelo fandom. A empresa chegou a se pronunciar na última terça-feira (17), após uma série de reclamações nas redes sociais.

Vem entender melhor essa polêmica!

"Tomorrow" "cita" BTS e é criticado

Tudo rolou em episódio exibido no final de abril, no canal sul-coreano MBC, que chamou a atenção do público nesta semana. Em uma cena, um dos personagens de "Tomorrow" analisa uma lista de pessoas que foram assassinadas. Lá é possível ver o nome Kim Taehyung - que é o nome de nascença de V - e a data de nascimento do idol, 30 de dezembro, porém, com outro ano. Em vez de 1995, o K-drama associou o "personagem" a 1971.

Para piorar, outra vítima fictícia também leva referência do BTS. No caso, a pessoa nasceu exatamente no mesmo dia e ano que Jungkook - 1º de setembro de 1997 -, porém, é apresentado com outro nome.

Nas redes sociais, es fãs se dividiram. Ao passo que parte do Army criticou o K-drama como um todo, afirmando que era apenas uma estratégia para conseguir audiência, outres afirmaram que a produção, em si, é de qualidade e não merecia ser rechaçada, apenas a empresa e a emissora, que tomaram essa decisão desrespeitosa.

De toda forma, "Tomorrow" era, e continua sendo, um K-drama popular, baseado no webtoon de mesmo nome.

Empresa respondeu acusações de Army

Após a grande confusão, representes do K-drama se pronunciaram sobre a cena na última terça-feira (17). Segundo o veículo Soompi, que traduziu comunicado oficial, a equipe explicou que era apenas uma coincidência. "São apenas combinações de nomes e números, não tivemos nenhuma intenção por trás disso", escreveram.

Nas redes sociais, alguns fãs não comparam a desculpa e mostraram indignação: "Isso é ridículo e extremamente perturbador" e "Extremo mal gosto" foram alguns dos comentários, por todo o mundo.

E aí, será que foi apenas um acidente ou os nomes e dados de Jungkook e V foram usados para chamar atenção?

BTS
BTS deve se reunir em show especial na Coreia do Sul. Entenda!
V, do BTS, revela o que falou para Olivia Rodrigo e Lady Gaga no Grammy 2022
HYBE nega hiato do BTS, fandom se revolta na web e acusa empresa de descaso
BTS anuncia hiato e confirma álbuns solo dos integrantes
ver todas as notícias de BTS Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema