Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Dia do Beijo: 5 dicas para beijar bem
Dia do Beijo: 5 dicas para beijar bem
Todo dia 13 de abril é celebrado o Dia do Beijo e nada melhor do que comemorar essa data dando um bom beijo na boca, né? Mas, caso esse seja um assunto que ainda te deixe nervoso, não tem problema. Afinal, é normal sentir esse tipo de coisa. Mas, para te ajudar, o Purebreak trouxe cinco dicas que vão te ajudar na hora de beijar.

Não existe um consenso sobre a origem do Dia do Beijo, mas ele existe. E esse não é o tipo de coisa que a gente vai reclamar, né? Afinal, nada como dar um bom beijo na boca. Mesmo assim, o Purebreak sabe que esse é um assunto que também deixa muita gente nervosa. Além das pessoas que ainda não deram o seu primeiro beijo, há muita insegurança. Quem nunca se questionou se beijava bem, né? Pensando nisso, trouxemos cinco dicas para você arrasar quando for beijar.

1 - Relaxe

Quando tentamos entender o funcionamento de um beijo, é muito fácil se perguntar como fazer isso. Mas, quando chega o momento de beijar, é quase que intuitivo. Tudo bem, se for o seu primeiro beijo, talvez não saia tudo perfeito. No entanto, quando a gente para de pensar um pouquinho e apenas se deixa levar, tudo começa a fluir melhor.

2 - Lábios hidratados

Não, não só as blogueiras de maquiagem que tem esse tipo de preocupação. Na verdade, todo mundo deveria ter. Manter seus lábios hidratados não é apenas uma questão de estética, é também sobre saúde. Afinal, cremes hidratantes para esse tipo de região também ajudam a combater o ressecamento e evitar feridas. Além disso, nada como beijar um boca macia, né?

3 - Confiança

Confiança é fundamental na hora de beijar na boca. Talvez você nem seja uma pessoa que beije mal, mas às vezes é esse tipo de pensamento que faz o negócio não dar muito certo na hora. Então, é muito importante confiar no seu potencial e ter em mente que beijar não é um bicho de sete cabeças.

4 - Autoestima

Impossível falar sobre confiança e não tocar no assunto autoestima, né? Afinal, é quando estamos nos sentindo bem que ficamos mais confiantes. E o que é necessário para conquistar uma autoestima elevada? Essa é uma pergunta que possui várias respostas e você precisa ir atrás do que funciona melhor para você. Falar sobre autoestima e procedimentos estéticos, por exemplo, é muito delicado, já que autoestima não é só sobre a nossa imagem. Mas, ainda sim, é muito importante gostar do que reflete no espelho. Então, se for algo bem pensando, por que não?

Diferentes de outros procedimentos, o preenchimento na região dos lábios não é algo tão agressivo e nem permanente, o que faz com que a sua procura seja alta. Segundo um estudo aplicado no Canadá e apresentado em 2020 no International Master Course on Aging Science World Congress (IMCAS), muitos pacientes mostraram-se contentes com o resultado, 98% apontaram satisfação na hora do beijo e 73% dos seus parceiros concordaram que os lábios estavam mais fáceis de beijar e com aparência natural.

"Ao realizarmos o tratamento com ácido hialurônico, mais do que a questão estética, estamos propondo devolver ao nosso paciente certas características fisiológicas perdidas com o processo de envelhecimento", explica o dermatologista Dr. Marcus Morais, que também destaca o bem estar que o resultado pode trazer. "Por isso, um tratamento como esse pode e deve ir muito além da aparência", completa.

É justamente por isso que a linha Restylane - géis injetáveis à base de ácido hialurônico para preencher, refinar e volumizar pontos estratégicos do rosto - desenvolveu a Restylane Kysse, um produto exclusivo para região dos lábios. Mas, neste caso, o foco é melhorar e colaborar com a naturalidade do seu rosto. "Considerar a naturalidade do paciente é fundamental, principalmente nos lábios. Neles, podemos aplicar o ácido hialurônico para realçar o contorno, dar volume e estrutura ou somente para a hidratação", explica Morais.

O procedimento, claro, é realizado apenas em consultório médico, mas está longe de ser algo muito complexo. O resultado tem longa duração e alto nível de segurança. Seus efeitos podem ser notados após seis e doze meses de aplicação.

5 - Prática

Por último, mas, com certeza não menos importante, é importante praticar. Não dizem que é a prática que leva à perfeição? Então, nada melhor que beijar bastante até sentir que você está mandando bem. E vamos combinar, jeitinho bom esse de aprender, né?

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema