Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Esse papo de Educação Financeira parece coisa de adulto chato e pão-duro, né? A verdade é que dinheiro é bom e todo mundo gosta, mas saber administrá-lo é um talento que poucos têm (ainda mais os jovens). Gastar ou não gastar, eis a questão. Por isso, fique tranquilo que o Purebreak trouxe algumas dicas bem maneiras (7, porque é um número místico) para você se orientar e não sair gastando mais do que tem. A ideia é buscar o equilíbrio sempre!

Quer uma dica para você administrar melhor a sua vida financeira? Então senta aí que a gente vai trazer 7. Você certamente já ouviu alguém falando que é importante se preparar para o futuro, que é fundamental saber administrar bem o seu presente e pensar sempre em inúmeros cenários e realidades. Pois então, com as dicas de educação financeira que a gente vai trazer aqui para você, dá para administrar numa boa o seu dia a dia, independente da carreira profissional que você escolher.

Por isso, você pode ser um empreendedor, freelancer, designer ou alguma nova atividade surgida após o boom da internet. Seja qual for a área em que você atua, ter uma boa educação financeira evita algumas dores de cabeça cotidianas, bem comuns em quem ainda é inexperiente. Ao saber administrar os seus ganhos, você vai ver que aquela história de que é possível viver com o mínimo de estresse possível não é lenda urbana não.

Quer um exemplo? Então imagine que você está entrando no mercado com um e-commerce . Com certeza você sabe que, em se tratando de loja virtual, é importante ter uma boa hospedagem de site e um certificado SSL. O primeiro item garante vários recursos vantajosos, como tráfego ilimitado e capacidade de armazenamento. Já o segundo, garante a proteção de senhas, códigos e outros dados importantes.

Mas fora esses detalhes, é importante que você saiba como e quanto investir em sua loja, saiba como superar crises, seja criativo e esteja por dentro das tendências do mercado. Em resumo, você deve saber ser um empreendedor e é aí que entra a importância dessa tal de educação financeira.

Dicas de Educação Financeira para quem está começando

Em uma época em que assuntos como idade ideal para aposentadoria, adesão ao MEI e reforma na previdência se tornam pautas constantes nos bares e redes sociais da vida, a educação financeira também ganha os holofotes.

Então preste atenção em alguns detalhes que vão ajudar muito quem pretende administrar a carreira profissional de maneira correta e segura. Se liga nas dicas abaixo!

1 - Utilize a tecnologia a seu favor

A enxurrada de aplicativos e softwares hoje em dia é enorme. Há aplicativo para tudo, desde aqueles que ajudam a encontrar um restaurante até aqueles que dizem se vai chover ou fazer.

Nesse oceano de softwares, é bom olhar com carinho para aqueles que auxiliam na gestão do seu dia a dia financeiro. Um deles é o Organizze, concebido especialmente para ajudar no gerenciamento financeiro.

O nome já diz tudo, o Organizze ajuda na organização de todas as suas finanças as colocando em um só lugar, auxiliando você a ver saldos, contas a pagar e transferências.

Ainda no assunto tecnologia, é interessante também ter à disposição softwares aptos a auxiliar nas suas atividades diárias, como o Dropbox, por exemplo.

Se você aí é um freelancer profissional ou um universitário, o Dropbox é eficiente no compartilhamento de arquivos dos mais variados formatos.

2 – Fique sempre atento para a sua atual situação

Uma característica da boa educação financeira é sempre ter um olhar realista em relação ao seu momento com as finanças. Afinal, não é nada inteligente sair gastando mais do que se ganha.

Quem sabe empreender entende que antes de agir em qualquer situação é importante ficar ligado no que está acontecendo. Será que há dívidas a serem pagas? Há quanto de dinheiro guardado? Quanto é preciso poupar?

Essas perguntinhas básicas são como uma bússola que vão guiar você na hora de tomar grandes decisões.

3 – É bom planejar os gastos

O tio do Homem-Aranha bem que avisou que se com grandes poderes vem grandes responsabilidades, não é errado dizer também que com grandes lucros as responsabilidades são ainda maiores.

Por isso, nem pense em gastar toda a sua grana de forma descontrolada. Isso é resultado de falta de disciplina e também de um bom planejamento. Não vacile cara!

A dica aqui é estabelecer metas, fazer cálculos, separar a quantia que deve ser poupada daquilo que será investido.

4 – Não misture a vida pessoal com negócios

"Ah, mas eu gerencio o meu próprio negócio". Se você tem a felicidade de poder proferir essa frase, então a gente já avisa: é importante evitar gastar o lucro da empresa com despesas pessoais.

Tenha em mente que ambas devem estar a anos-luz de distância uma da outra, pois assim você evita que o seu empreendimento sofra diante de gastos muitas vezes supérfluos.

5 – Invista na presença online

Tá aí uma dica quente para você que pode estar, ou que ainda não está no mercado de trabalho.

A presença online pode ser desde um blog para divulgar os seus trabalhos como freelancer, postagens relevantes no LinkedIn ou um site institucional para engajar a marca do seu negócio.

Tudo isso faz parte de uma boa presença digital, capaz de divulgar as suas habilidades ao mercado e trazer a autoridade profissional que você precisa.

6 - Não viva apenas para o trabalho

Nós já falamos aqui que responsabilidade é importante, mas tanta dedicação sem instantes de descanso vão prejudicar tanto a sua vida pessoal quanto a profissional.

Por isso, trabalhe muito, mas sempre reserve na agenda um final de semana voltado para o lazer. Saia de casa jovem e vá curtir a vida de vez em quando. Não seja mais um escravo moderno!

7 – Sempre busque conhecimento

Em época de vídeos, podcasts e blogs o que não faltam são alternativas para quem quer aprender mais sobre empreendedorismo e educação financeira. Além disso, há cursos online gratuitos e também pagos.

Leia artigos e procure interagir com gente que já é experiente no mercado. Lembre-se que é sempre bom manter a chama da curiosidade acesa quando o assunto é conhecer mais sobre finanças e negócios.

Conclusão

A Educação Financeira mostra que é possível gerenciar uma boa carreira profissional e conseguir conciliar as finanças pessoais. Portanto, se você está procurando um rumo ou já decidiu qual será a sua profissão, essas dicas são fundamentais para uma boa administração da sua vida profissional e financeira.

Por Alan Medeiros

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema