Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Nesta terça (2), Samantha Marie Ware, que entrou na 6ª temporada de "Glee", revelou que sofreu racismo de Lea Michele durante sua participação na série. O comentário foi feito depois da ex-protagonista tweetar uma mensagem de apoio ao caso George Floyd, usando a hashtag #BlackLivesMatter. Em seguida, outros atores que fizeram parte do elenco concordaram com a denúncia e relataram episódios parecidos. Confira.

O assassinato de George Floyd por um policial branco, nos EUA, retomou uma série de discussões sobre racismo nos últimos dias através da hashtag #BlackLivesMatter. Lea Michele, de "Glee", foi uma das celebridades que se manifestou nas redes sociais. Mas o episódio não foi tão bem recebido quando uma ex-colega de elenco expôs o racismo que sofreu da protagonista nos bastidores da série. A acusação viralizou e foi parar nos Trending Topics do Twitter nesta terça (2).

De acordo com a atriz Samantha Marie Ware, a ex-intérprete de Rachel Berry transformou sua estreia na TV em um "inferno". Samantha interpretou Jane Hayward na 6ª e última temporada da série e ironizou o fato de Lea comentar sobre o movimento antirracista quando obteve um comportamento bem diferente nos bastidores de "Glee". "Rindo muito. Lembra quando você fez do meu primeiro trabalho na televisão um verdadeiro inferno? Porque eu nunca vou esquecer. Eu acredito que você tenha dito a todos que, se tivesse a oportunidade, 'cagaria na minha peruca' entre outras pequenas agressões traumáticas que me fizeram questionar a minha carreira em Hollywood", escreveu.

Elenco de "Glee" se manifesta e confirma acusação de racismo

Não demorou muito para os atores de "Glee" se manifestarem em suas redes sociais. Alex Newell, ator preto que interpretou Unique na mesma temporada que Samantha, publicou gifs concordando com as declarações e escreveu em seguida: "Eu vou dizer só mais uma vez. Quando meus amigos passam por algo traumático eu também passo... amizade é isso... e se você não consegue entender isso, então você é parte do problema. Ponto final. E eu falo isso para os dois lados da moeda".

O ator Dabier também respondeu o tweet de Lea afirmando que ela não o deixou sentar na mesa "porque ele não pertencia lá". Amber Riley, primeira mulher preta a integrar o elenco regular, publicou vários gifs de indireta em seu perfil após a declaração de Samantha.

Reboot de "Glee"

Em maio, uma postagem bastante curiosa de Ryan Murphy, criador de "Glee", fez os fãs suspeitaram de que um reboot da produção estaria a caminho. Na publicação, Murphy reescreve o episódio piloto com novos atores e Lea Michele.

"Imagine que é 2009, e eu vivia em um mundo onde já conhecia Lea Michele, Ben Platt e Beanie Feldstein (Ben e Beanie, se não me engano, estavam no ensino médio na época... e acho que se vestiram de personagens de 'Glee' uma vez para o Halloween?). Se eu tivesse acesso a esse talento, esse seria o episódio piloto: Lea e Ben são amigos/inimigos que lutam pelo coração e alma do Glee Club. Ben também está no time de futebol, e dorme com a escola inteira e é o coração do McKinley. Beanie é a amiga em comum de ambos, e confusa. De repente, Beanie junta suas forças com Sue Sylvester, entra no Glee Club e se torna a solista principal e grande estrela do clube. Lea e Ben precisam, então, unir forças para destroná-la. EU QUERO FILMAR ESSE REMAKE PARA O PILOTO. Talvez eu filme?", escreveu o criador. Será que vai mesmo para frente?!

Lea Michele responde às acusações

Com a repercussão da denúncia de Samantha, Lea Michele usou as redes sociais nesta quarta (3) para se pronunciar sobre o caso. No texto, a atriz diz não lembrar da acusação específica, mas reconheceu que não teve o comportamento adequado com o elenco preto no set. Lea pediu desculpas e garantiu que está tentando melhorar neste período de maternidade para ser um bom exemplo a sua filha.

Confira abaixo a publicação original.

Amber Riley se pronuncia sobre caso Lea Michele

Na última quarta (3), a atriz Amber Riley se pronunciou sobre as acusações de racismo à Lea Michele durante uma entrevista. No dia da denúncia, Amber havia postado apenas um gif de acordo com a publicação de Samantha. "Eu não vou dizer que ela é racista. Ela também está grávida e acho que todo mundo precisa relaxar. Vocês 'caíram em cima' dela por alguns dias. Mas, ao mesmo tempo, na minha caixa de entrada há muitos atores e atrizes negros me contando suas histórias e me informando que eles lidaram com as mesmas coisas no set, sendo aterrorizados pelas garotas brancas que lideram o programa", disse ao "Real Quick with Danielle Young".

Mais denúncias

Heather Morris, a Brittany de "Glee", veio a público na última quarta (3) também para concordar com tudo o que estava sendo dito sobre sua ex-colega de elenco. No texto, a atriz diz que ela era uma pessoa "muito desagradável para trabalhar". E ainda acrescentou: "Para Lea tratar as pessoas com tanto desrespeito como fez por tanto tempo, acredito que ela DEVE ser exposta".

Além de racismo, Lea Michele também foi acusada de transfobia pela atriz e modelo trans Plastic Martyr. Nos últimos dias, Martyr usou as redes sociais para relembrar um episódio em que Lea a tratou mal no banheiro feminino de uma premiação. "Eu estava no banheiro e comecei a lavar minhas mãos e pedi licença a ela quando eu estava tentando alcançar o sabonete. Ela disse: 'Dá licença?! Dá licença você... você percebeu que está no banheiro feminino?", descreveu a ocasião. "Eu lembro que estava me sentindo tão bonita naquele dia e saí do banheiro constrangida e envergonhada".

Lea Michele
Ex-atriz de "Glee", Samantha Marie Ware expõe atitudes racistas de Lea Michele e elenco se manifesta
Lea Michele, de "Scream Queens", surge pelada no Instagram e fãs surtam nas redes sociais!
Lea Michele, de "Scream Queens", diz que ficaria com Zac Efron no programa de Ellen DeGeneres
Lea Michele, Taylor Lautner e John Stamos, de "Scream Queens", brilham no iHeartRadio Festival 2016!
ver todas as notícias de Lea Michele Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema