Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

O quinto episódio da 8ª temporada de "Game of Thrones" chegou para deixar todo mundo chocado com as ações de Daenerys (Emilia Clarke), que não teve piedade e destruiu Porto Real com todo mundo dentro. Agora é claro que - se nada acontecer - ela vai tomar posse do Trono de Ferro e se tornar Rainha dos Sete Reinos.

Os GoT fãs estão tentando entender tudo que rolou no quinto episódio da 8ª temporada de "Game of Thrones" até agora, porque com o tanto de coisas que aconteceram, nós vamos precisar de um tempinho para processar tudo. Como já esperado, depois da morte da Missandei (Nathalie Emmanuel), Daenerys (Emilia Clarke) chegou com sangue nos olhos atrás da Cersei (Lena Headey). O que não esperávamos é que ela fosse tão impiedosa quanto foi com o povo de Porto Real...

O destino de Varys

A Mãe dos Dragões não foi nada piedosa quando ouviu de Tyrion (Peter Dinklage) que Varys (Conleth Hill) era um traidor e pretendia espalhar a notícia de que Jon Snow (Kit Harington) é o verdadeiro herdeiro do Trono de Ferro e o sentenciou à morte. Ela também não gostou nada de ouvir que o eunuco só ficou sabendo dessa informação por causa do Lannister e o alertou, dizendo que aquela era a última vez que ele cometia um erro com ela, dando a entender que o próximo resultaria em morte.

Tyrion e Jaime

Quando Tyrion descobre que Jaime (Nikolaj Coster Waldau) foi capturado pelo exército de Daenerys, ele trata de ir atrás do irmão e resolve soltá-lo para que o loiro tente convencer Cersei a se render logo. Ao ver relutância, o anão propõe uma nova estratégia e diz para ele ir até Porto Real e fugir com a irmã pela Fortaleza Vermelha, que teria um barco esperando pelos dois lá.

Sangue e fogo

Eis que chega o momento da guerra e a Mãe dos Dragões não perdoa nenhum dos barcos de Euron (Johan Philip Asbaek), tacando fogo em todos. Logo depois ela vai em direção à Porto Real e dá um ataque de aviso, para que Cersei se renda e toque os sinos. Mas mesmo depois de ouvir o sinal, Daenerys não perdoa e resolve destruir tudo.

Enquanto isso, Arya (Maisie Williams) e Sandor Clegane (Rory McCann) vão atrás de suas vinganças, mas ao ver tudo sendo destruído, o Cão de Caça faz com que a Stark desista de matar Cersei e vá embora. Enquanto isso, na beira da praia, Jaime e Euron se enfrentam e o Greyjoy leva a pior, mas deixa o Lannister muito ferido.

Mortes e abraços

Quando os Clegane finalmente se encontram, Montanha (Hafthór Júlíus Björnsson) ignora que tem que proteger Cersei e quando Qyburn (Anton Lesser) tenta dar um comando para isso, ele simplesmente explode a cabeça do Mão da Rainha. Enquanto os dois travam sua batalha final, que resulta na morte de ambos - no melhor estilo Harry Potter e Voldemort -, a Lannister sai de fininho e tenta se proteger.

Quando está quase desistindo bem em cima daquele mapa de Westeros que ela mesma mandou pintar no chão, Cersei olha para o lado e vê ninguém menos que Jaime. Os dois vão até a Fortaleza Vermelha e acabam ficando sem saída, morrendo abraçados, soterrados pelos destroços. Quem se salvou - por muito pouco - foi Arya, que milagrosamente encontrou um cavalo no meio dos restos da cidade depois de quase morrer várias vezes.

Episódio final

A prévia do episódio final de "Game of Thrones" mostra que Daenerys deve mesmo se tornar Rainha dos Sete Reinos, mas nunca se sabe. Jon Snow se mostrou bem contrariado quando a chacina começou e pode mudar de ideia e não se mais um súdito da soberana. Se liga no teaser:

Game of Thrones
"Game of Thrones" não merece ganhar prêmios no Emmy 2019 e estes são os motivos
De favoritos aos injustiçados: tudo o que você precisa saber sobre o Emmy 2019
Sophie Turner revelou o que gostaria de ter visto na última temporada de "Game of Thrones"
Apesar de uma 8ª temporada bem mais ou menos, "Game of Thrones" recebeu 32 indicações ao Emmy
ver todas as notícias de Game of Thrones Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema