Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Normani foi anunciada nesta quinta-feira (9) como uma das artistas que irá se apresentar no VMA. A premiação acontece nos Estados Unidos no próximo domingo (12) e a presença da cantora foi uma surpresa, já que a própria Normani tinha confirmado que não havia sido convidada. Entenda melhor o que rolou!

Nesta quinta-feira (9), o VMA deu início às divulgações das apresentações que vão rolar na edição de 2021, que acontece já no próximo domingo (12). Com isso, recebemos a notícia de que Normani é uma das escaladas para se apresentar na grande noite. Mas a artista está em ascensão e lançou recentemente um feat. com Cardi B, "Wild Side" - não é nenhuma surpresa que Normani esteja na lista para um dos maiores prêmios de música dos Estados Unidos, certo? Errado.

No final de agosto, a cantora e dançarina expôs em entrevista à rádio Q99.7 que o VMA não tinha feito o convite e que, neste ano, não rolaria nenhuma divulgação do novo single nos palcos da cerimônia. Porém, parece que os organizadores do evento voltaram atrás - o que é bom mas, por outro lado, evidencia o racismo ainda presente nas premiações.

Por que para Normani conseguir um simples convite para se apresentar no VMA é preciso uma grande movimentação nas redes sociais? E ela não é a única artista negra a falar sobre a constante exclusão de pretos e pardos, seja na lista de convidados, de apresentações e, principalmente, na escolha dos indicados.

Normani lamentou exclusão no VMA

Como dito, ainda em agosto Normani já tinha deixado claro para os fãs que não iria se apresentar no VMA de 2021. "Sinceramente estou decepcionada. Fiquei com isso na última semana na minha cabeça, mas sei que tudo acontece por uma razão. Com ou sem VMA, estou ok. Mas é claro que sou humana e gosto de me sentir notada e ter meu trabalho valorizado", disse a cantora em entrevista.

Na época, sua parceira Cardi B fez coro aos pedidos de fãs que queriam ver Normani no palco da premiação. Essa seria uma ótima oportunidade também para divulgar o novo feat. que as duas artistas lançaram no mês passado.

Mas como já falamos, a pressão do público teve efeito e Normani foi finalmente anunciada como uma das cantoras que irá se apresentar no VMA em 2021, no próximo domingo. Os fãs foram pegos de surpresa e, claro, estão comemorando a conquista da ídola. Mas é nítida a diferença de tratamento que artistas negros recebem quando se trata de cerimônias e prêmios, né?

The Weeknd já expôs racismo no Grammy

Não é novidade para ninguém que o racismo está em todas as camadas de Hollywood. Quem deixou isso bem claro foi o The Weeknd. Em 2020, seu álbum "After Hours" não foi indicado a nenhuma categoria no Grammy, mesmo o trabalho tendo alcançado o topo dos charts da Billboard e batendo recordes de venda, se tornando platina duplo. O cantor não teve medo de apontar o dedo para uma das maiores instituições musicais do mundo e chamar o Grammy de "corrupto".

The Weeknd não enviou trabalhos para ser indicado ao Grammy de 2022
The Weeknd não enviou trabalhos para ser indicado ao Grammy de 2022

A confusão foi tanta que a premiação até mudou seu sistema de votos internos, impedindo que alguns "avaliadores secretos" determinassem quem, de fato, seria indicado em cada categoria. De acordo com os protestos, essa tática antiga não passava de troca de favores entre empresários, que beneficiavam os mesmos artistas brancos.

Em entrevista à GQ no começo do mês, o cantor também falou que não irá submeter mais nenhum trabalho para concorrer a indicações. "Eu não tenho nenhum interesse [em ser indicado]. Todos me falaram 'ah, se esforce mais da próxima vez'. Sim, eu vou me esforçar mais, mas não para você - por mim", afirmou.

O que acontece é que em um determinado período, as gravadoras devem enviar para as premiações todos os artistas, músicas e álbuns que eles acham que devem ser indicados e, a partir daí, a instituição monta a lista oficial. A gravadora de The Weeknd, Republic Records, respeitou o pedido do artista e realmente não enviou nenhum dos trabalhos do cantor para ser considerado pelo Grammy de 2022.

Anitta será a 1ª brasileira a se apresentar no VMA

Anitta será a primeira brasileira a se apresentar no VMA
Anitta será a primeira brasileira a se apresentar no VMA

Após especulações sobre possível apresentação de Anitta no VMA, a assessoria da cantora confirmou ainda nesta quinta-feira (9) que a artista irá cantar "Girl From Rio" na cerimônia americana. Assim, Anitta faz história se tornando a primeira brasileira a conseguir tal feito. Parece mesmo que o VMA está se esforçando para correr atrás do prejuízo que teve ao excluir tantos artistas não brancos.

Além da apresentação, Anitta também irá estrelar campanha do Burger King - uma das maiores empresas do mundo. No próprio intervalo do VMA, a rede de fast food irá anunciar uma edição especial de hambúrgueres naturais e veganos, feita em parceria com três artistas - Lil Huddy, Nelly e nossa própria Anitta. O lanche levará o nome de batismo da artista, "Larissa Machado", e será vendido nos Estados Unidos a partir do dia 12. Do Rio de Janeiro para o mundo mesmo!

Normani Kordei Hamilton
VMA volta atrás e confirma Normani na lista de apresentações
7 motivos pra você ser fã da Normani
Normani fala pela primeira vez sobre comentários racistas feitos por Camila Cabello: "Machucou"
Estes 8 artistas devem lançar seus primeiros álbuns em 2020! Qual você está mais ansioso para ouvir?
ver todas as notícias de Normani Kordei Hamilton Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema