Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Em 19 de junho é comemorado o Dia do Cinema Brasileiro. Os filmes nacionais são extremamente aclamados mundialmente, incluindo vários indicados ao Oscar e grandes outros prêmios. Nessa data tão especial, celebramos produções que trouxeram o orgulho de ser brasileiro e admiramos os diversos talentos do país. Então, já prepara sua pipoca, porque no quiz de hoje te indicamos um filme nacional para assistir, a partir do seu humor.

O Cinema Brasileiro reúne produções de todos os gêneros e para todos os gostos. Desde drama, ficção, terror, suspense, até as comédias que fazem tanto sucesso. Mesmo com poucas verbas públicas destinadas ao seu incentivo, o cinema nacional resiste, com filmes aclamados internacionalmente e normes sucessos de bilheteria.

O público jovem também não tem do que reclamar. Filmes como "Fala Sério, Mãe!", "Tudo por um Popstar", "É fada", "Cinderela Pop", "Os Parças", "Carnaval" e tantas outras produções estão fazendo um público teen cada vez maior assistir filmes nacionais. Contando com nomes como Maísa, Larissa Manoela, Gkay, Kéfera Buchmann, João Guilherme, Felipe Neto e Whindersson Nunes, as produções voltadas ao publico jovem estão fazendo sucesso.

Agora, para poder ver mais obras essencialmente brasileiras, responda o quiz, baseado nos seus sentimentos, que o Purebreak te recomenda um filme nacional para assistir.

ACLAMAÇÃO DO CINEMA BRASILEIRO

"Cidade de Deus" não foi o único filme que fez sucesso no exterior. O indicado a quatro estatuetas douradas realmente se tornou um marco do Cinema Brasileiro, mas filmes como "Central do Brasil", "O Que É Isso Companheiro?", e o documentário "Democracia em Vertigem", são só alguns dos filmes nacionais que já conquistaram alguma indicação. Mesmo sem o Brasil não ter, ainda, nenhum Oscar para genuinamente chamar de seu, os filmes indicados e muitos outros que não receberam indicações são aclamados mundo afora.

"Arábia", filme dirigido por Affonso Uchôa e João Dumans e lançado em 2017, foi eleito pelo The Guardian como "o filme da década". No Festival de Sundance em 2015, Regina Casé e Camila Márdila receberam o Prêmio Especial do Júri Pela Atuação, por seus papéis em "Que Horas Ela Volta?". "Tropa de Elite", um dos mais amados filmes nacionais, foi contemplado com o Urso de Ouro de melhor filme, em 2008, no Festival de Berlim. "Deus e o Diabo na Terra do Sol", um dos maiores filmes do Cinema Brasileiro ganhou prêmios no México, na Itália e Argentina. "Que Bom Te Ver Viva", de Lúcia Murat, acumulou prêmios nos Estados Unidos, Japão, Canadá, Itália, Alemanha e Argentina. Esses são só alguns exemplos da riqueza e força das produções nacionais pelo mundo.

Atualmente, o Cinema Brasileiro resiste, mesmo com sanções duras às produções nacionais, como a deterioração da Agência Nacional do Cinema (Ancine) pelo governo.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema