Você sabia que existem várias definições possíveis para traição? O que é ser traíde para alguém, não vai ser necessariamente a mesma coisa para outra pessoa. Tudo depende do tipo de relacionamento e o que foi combinado. Assim, nós queremos saber: de todas essas ações, quais você considera traição? Vem ver se você pensa como a maioria das pessoas!

Traição é sempre um assunto polêmico, que levanta muitas dúvidas e receios. Por aqui, já falamos sobre dicas para superar uma traição, mas a verdade é que o próprio fato de ser traíde pode ser ambíguo. Afinal, tudo vai depender do relacionamento e do combinado que a pessoa tem com a outra. Por isso, o que para um casal é traição para outro pode ser algo comum, que não prejudica em nada o relacionamento.

A própria Olivia Rodrigo fala sobre o assunto em sua música, "traitor", na qual o rapaz com quem ela se relacionava não chegou a traí-la, mas vivia conversando com outra menina - com segundas intenções - e, por isso, ele continua sendo um traidor. E é um assunto ótimo para render músicas, né? Alguns dos maiores nomes do pop, como Beyoncé e Taylor Swift , tem canções sobre o tema.

Nessa conversa, temos certeza de uma coisa: é um assunto delicado, que varia muito de caso para caso. Por isso, o Purebreak quer saber: o que é traição para você? Marque todas as opções que, na sua opinião, rompem com a confiança em uma relação.

Traição afeta a saúde de relacionamentos futuros

Uma traição pode afetar um relacionamento, a ponto de levá-lo ao fim. Mas sabia que estudos psicológicos estão apontando que trair ou ser traíde também pode afetar a pessoa nos seus próximos relacionamentos? Um artigo publicado no "Frontiers in Psychology" e divulgado pelo veículo Psypost percebeu que aqueles que tiveram relações interrompidas por traições - sendo culpade ou vítima - têm maior tendência a entrarem em relacionamentos infelizes.

"26% dos entrevistados afirmaram já terem traído algum parceiro romântico em algum ponto de sua vida. E, interessantemente, aqueles que indicam terem traído também tendem a reconhecer uma baixa qualidade em seu relacionamento atual - mais do que aqueles que nunca traíram no passado", afirmou a matéria. Já no "outro lado", os dados apontam: "os 44% que afirmaram já terem sido traídes anteriormente também indicam qualidades mais baixas nas relações atuais"

Traição pode deixar marcas em todes envolvides
Traição pode deixar marcas em todes envolvides

A pesquisa permite concluir que a traição afeta ambos os envolvidos e pode, sem dúvidas, deixar marcas permanentes - como problemas na autoestima e dificuldade em confiar. Por isso, o melhor caminho é sempre a honestidade e consideração com o próxime.

Também vale lembrar que, mais do que nunca, relacionamentos poligâmicos entram em debate - então, se ficar exclusivamente com uma pessoa não parece o mais interessante para você, não tem nada de errado em pensar e pesquisar o que poderia funcionar melhor na dinâmica do casal. Sempre lembrando, claro, de respeitar a decisão e os limites do outro!

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema