O término de qualquer relacionamento pode ser duro e traumático. Se você está passando por isso - ou pensa que vai passar em breve - é comum ter a ideia de que a vida acabou junto ao namoro. Não é o caso. Existe sim muita felicidade após o término e separamos 5 coisas que você não pode esquecer enquanto passa por isso.

Nas últimas semanas, muitas pessoas ficaram chocadas com o término de Whindersson e Maria Lina, tão próximo ao de Luísa Sonza e Vitão. Apesar disso fazer parte da vida, é sempre difícil e ninguém quer passar por isso. Uma das dúvidas que surge nesse momento é: será que esse sofrimento um dia acaba? Para ir direto ao ponto: sim, com certeza. Se você estiver de coração partido porque acabou de terminar o namoro, não se preocupe: há vida depois do término e ela é linda.

Só que é claro que, para chegar lá, temos que passar por sentimentos desagradáveis. O fim de um namoro é encarado em nosso cérebro como um luto - a morte daquilo que já conhecemos. Por isso, é comum que haja algumas fases características do processo. Mas tudo isso é necessário para chegar na parte final: a aceitação. Por isso, vamos te dar algumas dicas para passar pelos níveis mais complicados. Confira a seguir!

Relembre do porquê terminaram

Já ouviu aquele ditado que só damos valor a algo depois que perdemos? Isso acontece porque, de forma geral, tendemos a ver o lado negativo das coisas. Então, quando algo que incomodava não está mais lá, a gente só se lembra dos pontos bonitos e legais. "Ah, nos divertíamos muito", "Ah, adorávamos ir no mesmo restaurante" ou qualquer coisa do tipo.

Com certeza tinham coisas muito boas no relacionamento, mas vocês terminaram por um motivo. Mesmo que o motivo seja que a pessoa não gosta mais de você. É claro que não é legal, principalmente quando ainda há sentimentos da sua parte, mas você realmente quer ficar com alguém que não sente o mesmo?

Nessa fase, não deixe de lembrar o motivo que fez vocês se separarem. Dói, mas crescer é realmente um processo dolorido e, depois que a gente chega do outro lado, é bem melhor. Por isso, quando perceber que sua mente está divagando, relembrando momentos legais juntes, traga pra realidade e fale para si mesme por que terminaram.

Término de namoro: é possível superar com apoio e carinho
Término de namoro: é possível superar com apoio e carinho

Peça ajuda para quem te ama

Pedir ajuda não é sinal de fraqueza, muito pelo contrário. Reconhecer que precisamos de apoio é uma das maiores forças da vida. No caso de um término, é possível que você precise da ajuda de quem te ama - seja parte da sua família ou amigues. Pode ser para desabafar, para te ajudar a distrair e pensar em outra coisa, para rir um pouco. Você pode até contar com alguém para te relembrar do motivo do término - do item anterior! Ouvir uma terceira pessoa falando pode auxiliar na hora da mensagem entrar na nossa cabeça.

De toda forma, assim como você pode querer ficar sozinhe por alguns momentos, ter apoio - mesmo que virtualmente, por mensagens - é muito importante. Não se feche totalmente!

Términos de namoro são difíceis, mas o sentimento passa
Términos de namoro são difíceis, mas o sentimento passa

Deixe a pessoa no passado

Por mais que doa, aquela pessoa não faz mais parte do seu presente. Portanto, deixá-la no passado é o primeiro passo para diminuir o sofrimento. No começo, você vai pensar nela o tempo todo - é normal, afinal, ela fazia parte da sua vida. Mas, aos poucos, vamos nos acostumando com a ideia de que aquilo ficou para trás e está na hora de construir uma nova história - que também vai ser bem legal e bonita.

Porém, o que significa, de fato, deixar a pessoa no passado? Não fique pensando se ela está com outro alguém, não stalkeie se isso só for te magoar, não pense no que ela pode estar fazendo agora. É claro que são pensamentos naturais, que vêm à nossa cabeça. O que queremos dizer aqui é: evite-os e não fique remoendo essas questões.

Tente não stalkear a pessoa e deixa-a no passado. Vocês terminaram
Tente não stalkear a pessoa e deixa-a no passado. Vocês terminaram

Não se maltrate durante o processo

Um ponto muito relacionado ao hábito de stalkear ex é não se maltratar. Muitas vezes nos autossabotamos e dificultamos nosso próprio processo de recuperação - seja porque a vida que você tinha antes era mais familiar, seja porque abrir mão da pessoa é muito difícil. Mas a autossabotagem, como o próprio nome sugere, só faz mal para gente. Portanto, se isso estiver te causando mágoa e sofrimento, não fuxique as redes sociais da pessoa, tente deixar ela viver a nova vida dela e vá viver a sua.

Outra coisa que vale lembrar é: cada um tem seu tempo. Então, se aquelu ex já tá em outra e parece estar super feliz, tudo bem - não quer dizer que você não foi amade, nem que o que tiveram não foi real. Quer dizer apenas que seu tempo e forma de superar é diferente. Pode ser que, lá na frente, o término pese mais para outra pessoa, enquanto você já vai estar em paz com o fato. Cada um passa pelo processo de uma forma, não se cobre, nem tente alcançar um nível de superação que você simplesmente não vai ter agora.

the breakup GIFs - Primo GIF - Latest Animated GIFs

É difícil, mas foque no lado positivo

Como falamos lá em cima, nossa tendência é focar só no lado negativo, na perda. Mas tudo na vida tem algum ponto positivo, mesmo que seja pequeno. Então, por exemplo, lembre-se de coisas que fazia solteire e que deixou de fazer namorando - ficar com outras pessoas (no caso de relacionamentos monogâmicos), sair mais com amigues, já que muitos dos finais de semana eram reservados para o relacionamento etc.

Sem contar que, se o namoro acabou, provavelmente não estava dando certo, né? Agora você está livre para prosseguir, sem o peso de um relacionamento que não ia bem. O processo de superação é muito difícil, mas quando você chega do outro lado, não quer saber de outra coisa. Lembre-se sempre do velho clichê: as coisas vão melhorar e o tempo cura tudo. É a maior verdade. Se permita sofrer, mas sinta-se forte por saber que vai passar.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema