Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

A cantora foi entrevistada por Pharrell Williams e diz que não necessariamente odeia usar roupas mais "femininas", ela só gosta das roupas que usa e ponto. Billie Eilish diz que até os elogios, às vezes, estão com uma pitada de preconceito, já que afirmam que as meninas que usam roupas mais folgadas "não são vadias". Vem ver o que a artista falou!

Billie Eilish já deixou claro que ama suas roupas folgadas e que elas não servem apenas para que seu corpo não seja sexualizado, mas também pelo simples fato da artista gostar dessas roupas. Justo, né? Mesmo assim, ainda tem gente querendo dar pitaco no vestuário da cantora e não só associam às roupas de outras meninas, como também fazem uma comparação desnecessária, acreditando-se que meninas que não se vestem com roupas mais folgadas são "vadias". O pessoal não tem mais o que inventar mesmo...

Em entrevista com Pharrell Willams, a voz de "bad guy" diz que não se veste assim por ser "contra" roupas mais ~femininas, mas sim porque ela gosta e ponto. "Os comentários positivos sobre a forma como eu me visto ter este elemento slut-shaming. Tipo, 'Estou tão feliz que você está se vestindo como um menino, então outras garotas podem se vestir como garotos, então elas não são vadias'. Isso é basicamente o que parece para mim. E eu não posso exagerar o quão fortemente eu não aprecio isso, de jeito nenhum", afirma.

Para Billie, sua intenção nunca foi desrespeitar as outras mulheres e suas escolhas de roupas: "A maneira como me visto não é necessariamente feminina, ou seja o que for. Eu não digo: 'Oh, eu vou usar roupas folgadas porque são roupas folgadas', nunca é assim. Eu uso o que eu quero usar", explica. A cantora ainda diz admirar quem escolhe uma imagem diferente. "Eu sempre apoiei e amei quando uma mulher ou um homem ou alguém no mundo se sente confortável em sua pele, seu corpo, para mostrar exatamente o que eles querem. Eu não gosto que exista esse novo mundo estranho de me apoiar, envergonhando as pessoas que não querem se vestir como eu".

Dismorfia corporal

Billie ainda disse, em uma entrevista antiga para a revista Rolling Stone, que, dos 13 aos 16 anos, não conseguia se olhar no espelho por sofrer de dismorfia corporal - que é a preocupação extrema com um problema físico mínimo ou até mesmo imaginário. O Purebreak deseja que a cantora se sinta cada vez melhor e se ame cada dia mais!

Billie Eilish Pirate Baird O'Connell
Billie Eilish cancela participação no Lollapalooza 2020 e fará shows solo no Brasil, diz jornalista
Não existe idade para enfrentar a depressão e a Billie Eilish é a prova disso
Billie Eilish acreditava que nunca mais seria feliz após sofrer depressão
Billie Eilish lança o clipe de "all the good girls go to hell" e estes são os momentos mais bizarros
ver todas as notícias de Billie Eilish Pirate Baird O'Connell Ver + matérias
Famosos
do momento
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema