Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Dia Nacional da Visibilidade Trans: 12 influenciadores para você acompanhar
Dia Nacional da Visibilidade Trans: 12 influenciadores para você acompanhar
Em 29 de janeiro é celebrado o Dia Nacional da Visibilidade Trans, mas a verdade é que ainda há muito pelo o que se lutar. Apesar das conquistas que transexuais e travestis tiveram ao longo dos últimos anos, ainda vivemos em um país onde mais se mata pessoas trans. E foi por isso que o Purebreak separou uma lista de influenciadores que vão te ajudar a ficar mais engajado nessa causa.

No dia 29 de janeiro de 2004, um grupo de travestis e transexuais ocupou o Congresso Nacional, em Brasília, para reivindicar os seus direitos e conseguiu. Foi neste dia que o Ministério da Saúde formalizou o seu dever em cuidar da população LGBTQIA+. 17 anos de se passaraM e não podemos fechar os olhos para as conquistas da comunidade trans. Além do tema já ter sido debate de novela das nove, nas eleições de 2020 foram 15 pessoas transexuais e travestis eleitas.

Mesmo assim, o Brasil ainda é o país que mais mata pessoas trans. Dados registrados pela Trans Murder Monitoring mostram que 124 transexuais foram mortos entre janeiro e setembro de 2020. Um levantamento feito pela União Nacional LGBT revela que a expectativa de vida de um transgênero no Brasil é de 35 anos. O que ainda falta para que esse grupo deixe de ser marginalizado e passe a ser respeitado e, de fato, celebrado?

É preciso falar ainda mais sobre essa situação, ouvir o que elas tem a dizer e o principalmente: trazê-las para o nosso convívio. A comunidade precisa ser vista! Pensando nisso, o Purebreak preparou uma lista com 12 influenciadores trans para você acompanhar o resto do ano. Veja:

Maria Gabriela Almeida

Maria Clara Araújo

Rosa Luz

Fe Felício

Lucca Najar

Luca Scarpelli

Mandy Candy

Jonas Maria

Pletu

Sasha Vilela

Stefan Costa

Lana de Holanda

Vale ressaltar que é importante ouvir o que pessoas trans tem a dizer, mas não somente quando o assunto é transexualidade. Para que haja realmente uma naturalidade nesse convívio, é mais do que necessário deixar que a comunidade se expresse do seu jeito, seja falando das suas causas ou de maquiagem, cinema, culinária, moda, saúde ou até mesmo matemática. Um ótimo exemplo é a youtuber Nikkie de Jager, dona do maio canal de maquiagem do YouTube. Com mais de 13 milhões de inscritos, Nikkie se assumiu trans em 2020.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema