Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

O motivo? Sua etnia. A atriz estava bem frustrada por fazer vários papéis e, ao tentar um lugar em "Killing Eve", viu que já tinha uma outra artista asiásita e acreditou que não teria chance - afinal, é difícil vermos mais de uma atriz asiática em um mesmo filme norte-americano. Sandra Oh ainda disse que se surpreendeu quando recebeu a notícia que seria a protagonista da série.

O preconceito é mais real do que a gente imagina e está presente no dia a dia de todos - seja como vítima, como agressor ou como "espectador". Afinal, quem nunca viu uma cena lamentável nesse estilo? E é claro que no mundo artístico isso também é comum. Sandra Oh mesmo já passou por isso: a ex-"Grey's Anatomy" quase desistiu da carreira após a série da ABC, por conta da sua etnia.

Quando ainda interpretava a melhor amiga da Meredith (Ellen Pompeo), Sandra já havia falado que estava na série apenas para bater a "cota asiática". Mesmo depois de conquistar todo mundo como Cristina Yang, a atriz voltou a viver o drama de ter todos os testes negados e até seu agente deu sua opinião: "Volta pra casa", afirmando logo após que a atriz não teria espaço em Hollywood. "Ele me disse que já tinha outra atriz asiática no elenco dele e que ela não fazia um teste há 3 meses", contou para CBC.

Sandra, então, decidiu se inspirar nas atrizes negras e que representam a diversidade racial e étnica na indústria: "Elas são como eu, não exatamente, mas um pouco", compara. Após o teste, a atriz ficou realmente incrédula quando conseguiu o papel em "Killing Eve". "Quando meu agente me disse 'Você é Eve', eu simplesmente não conseguia acreditar". Vale lembrar que a série já presenteou a musa com um Emmy de Melhor Atriz (consagrando-a como a primeira artista de origem asiática a ser indicada ao prêmio).

E aí, quando será que todas as pessoas receberão as MESMAS oportunidades e serão classificadas pelo seu talento, não por sua raça, etnia ou qualquer outro motivo? Ainda bem que Sandra conseguiu dar a volta por cima, mas é triste demais pensar que muitas pessoas não têm essa oportunidade...

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema