Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Xenofobia: entenda o que é esse preconceito
Xenofobia: entenda o que é esse preconceito
Infelizmente há muitos tipos de preoconceitos no mundo. Quando o assunto é discriminação, o ser humano sempre encontra um jeito diferente de menosprezar o outro. A xenofobia, por exemplo, sempre existiu. No entanto, com esse surto de coronavírus no mundo, que se originou na China, as pessaos voltaram a se sentir confortáveis em praticar esse tipo de opressão.

Agora quando se fala sobre o coronavírus, todo mundo quer saber sobre as maneiras de se precaver e evitar que a doença continue se espalhando - mais do que já está - pelo mundo. No entanto, logo que o Covid-19 surgiu, na China, isso serviu para que vários comentários xenofóbicos pipocassem na internet contra a comunidade asiática. Inclusive, recentemente, Lana Condor, a estrela de "Para Todos os Garotos que Já Amei", fez uma publicação em suas redes sociais para reclamar do fato de Trump, presidente dos Estados Unidos, chamar o coronavírus de "vírus chinês", dando a entender que eles possuem algum tipo de culpa. Com isso, a discussão sobre xenofobia ganhou força na internet e o Purebreak está aqui para explicar o que isso significa.

O que é xenofobia?

De maneira bem resumida, é possível explicar o que é xenofobia em poucas palavras: qualquer tipo de manifestação ou ódio contra imigrantes. Ou seja, quando pessoas que não estão em seu país de origem acabam sofrendo preconceito de quem é natural da região.

Exemplos de xenofobia

Infelizmente, há muitos exemplos de xenofobia no mundo. Nos Estados Unidos, por exemplo, acontece muito com os mexicanos - ou qualquer latino - que chegue no país em buscar de novas oportunidades. Já em países da Europa, árabes e muçulmanos são alvos de preconceito e menosprezados por quem é nativo. O Brasil também não fica para trás na hora de tratar mal venezuelanos e haitianos. Vale destacar que brasileiros também podem sofrer com xenofobia em outros países.

Xenofobia é crime?

De acordo com a lei 9.459, xenofobia é crime desde 1997. A norma diz que será punido aquele que cometer qualquer crime "resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional".

Onde mais ocorre xenofobia?

Apesar dessa pergunta ser frequente na internet, não existe um lugar onde há mais xenofobia do que outros. Na verdade, esse tipo de preconceito sempre irá acontecer em países mais desenvolvidos que recebem um alto fluxo de habitantes de outras regiões, menos desenvolvidas, no caso. Por exemplo, o que ocorre entre Estados Unidos e México. Esse tipo de imigração é frequente em várias partes do mundo.

Quem sofre xenofobia?

Vale ressaltar que não são só povos oriundos de países "menos" desenvolvidos que chegam em grandes potências atrás de emprego que sofrem com a xenofobia. A verdade é que basta um grupo que apresente ter uma cultura diferente daquilo que é considerado hegemônico para sofrer xenofobia. Por exemplo, asiáticos que são ridicularizados por conta dos seus traços ou até mesmo, no caso do Brasil, nordestinos que são menosprezados por quem é do Sudeste por conta dos seus hábitos ou sotaque.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema