Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

"Malhação - Viva a Diferença": 10 provas de que essa é a melhor temporada da década
"Malhação - Viva a Diferença": 10 provas de que essa é a melhor temporada da década
"Malhação - Viva a Diferença" foi ao ar em 2017, pela TV Globo. Mas, por conta da pandemia do coronavírus, que fez a gravação de várias novelas serem interrompidas, a produção foi escolhida para reprisar no horário de uma nova temporada. Agora, revendo a trama com mais calma, o Purebreak percebeu o quanto a trama é boa, praticamente uma das melhores da década. Para provar, separamos 10 motivos.

Não importa a sua idade, é bem provável que você tenha uma temporada de "Malhação" favorita. Afinal, já faz cerca de 25 anos que a produção está no ar. Os mais velhos, obviamente, vão preferir a época do Múltipla Escolha, que deu início às tramas adolescentes. O grande saudosismo em torno dessas temporadas antigas nos faz acreditar que "Malhação" já não é mais a mesma coisa. Talvez. Porém, o Purebreak acredita que "Viva a Diferença" consegue superar qualquer nostalgia. Aproveitando que a história voltou a reprisar na Globo, listamos 10 razões que nos fazem acreditar que essa é a melhor edição da década.

1 - Toda novela tem muitos personagens e enredos diferentes. Mesmo assim, a gente percebe quando alguns estão na trama apenas para ser o "amigo". Porém, não é isso que acontece em "Viva a Diferença". É óbvio que alguns personagens possuem mais destaque que outros, mas nessa temporada todo mundo tem uma história, por mais curta ou breve que seja. O Juca (Mikael Marmorato), por exemplo, está longe de ser um protagonista, mas não deixa de ter uma história.

Juca (Mikael Marmorato) em "Malhação - Viva a Diferença"
Juca (Mikael Marmorato) em "Malhação - Viva a Diferença"

2 - Como foi dito anteriormente, tem sempre alguma coisa acontecendo com os personagens, independente do destaque que eles tenham. Isso é ótimo porque não traz aquela sensação de que as coisas acontecem do nada. A K2 (Carol Macedo) sempre foi muito apaixonada pelo Tato (Matheus Abreu), mas isso só vem a se tornar uma obsessão nos últimos meses da temporada. Mesmo que de maneira discreta, o público consegue acompanhar a evolução desse problema. Além disso, é uma tática bem diferente do que costumava-se fazer em "Malhação", que durante muito tempo normalizou essas paixões enlouquecedoras.

Tato (Matheus Abreu) e K2 (Carol Macedo) em "Malhação - Viva a Diferença"
Tato (Matheus Abreu) e K2 (Carol Macedo) em "Malhação - Viva a Diferença"

3 - Outro ponto muito importante: a evolução dos personagens. Assim como em qualquer temporada de "Malhação", sempre tem aquele personagem que começa "vilão" e muda ao longo da temporada. Mas em "Viva a Diferença" é possível observar como todo mundo amadurece, principalmente as Five. Na "segunda fase" da novela isso fica muito nítido quando rolam os flashbacks. O público realmente fica com a sensação de que viu todo mundo crescer.

As Five na segunda fase de "Malhação - Viva a Diferença"
As Five na segunda fase de "Malhação - Viva a Diferença"

4 - Vale ressaltar que, no núcleo adolescente, não existem vilões de verdade. Obviamente existem alguns que fazem mais maldade do que os outros. No entanto, a Lica (Manoela Aliperti), que é uma das protagonistas, tem algumas atitudes de caráter bastante duvidoso - e que com certeza a tornariam uma vilã em qualquer outra temporada. Mas, em "Viva a Diferença", preferiu-se mostrar como esse comportamento era fruto de um momento conturbado que a jovem estava passando.

Lica (Manoela Aliperti) em "Malhação - Viva a Diferença"
Lica (Manoela Aliperti) em "Malhação - Viva a Diferença"

5 - Tirando alguns momentos específicos, que fazem parte do desenrolar da trama, em "Malhação - Viva a Diferença" você não vê as meninas brigando pelos meninos. O que já foi o principal arco da novela teen, agora quase não acontece. Na verdade, são os meninos que acabam brigando pelas meninas. Na maioria das vezes, quando as meninas brigam, são por outras questões.

Fio (Lucas Koka Penteado) em "Malhação - Viva a Diferença"
Fio (Lucas Koka Penteado) em "Malhação - Viva a Diferença"

6 - Ok, nós estamos falando de adolescentes e a gente sabe que nessa época todo mundo se preocupa com a aparência, em estar bonito e, claro, em namorar. Em "Viva a Diferença" essa é só mais uma questão. A Ellen (Heslaine Vieira), por exemplo, está muito mais preocupada com o futuro - o que acaba deixando os seus pretendentes até um pouco irritados.

Ellen (Heslaine Vieira) em "Malhação - Viva a Diferença"
Ellen (Heslaine Vieira) em "Malhação - Viva a Diferença"

7 - Independente da temporada, "Malhação" sempre teve a função de levantar discussões importantes para a juventude, como gravidez na adolescência, primeira vez, uso de drogas, violência doméstica, racismo, homofobia, transtornos psicológicos e por aí. Em "Viva a Diferença", praticamente todos esses assuntos são discutidos. Bom, estamos falando de uma produção que vai ao ar por volta das 18h, na Globo. Ou seja, é tudo muito politicamente correto. Ainda sim, a temporada consegue abordar os temas com bastante profundidade.

Tina (Ana Hikari) e Anderson (Juan Paiva) em "Malhação - Viva a Diferença"
Tina (Ana Hikari) e Anderson (Juan Paiva) em "Malhação - Viva a Diferença"

8 - Sabemos que "Malhação - Viva a Diferença" ficou marcada como a primeira temporada a protagonizar um beijo lésbico - e isso é fundamental. Mesmo assim, antes disso acontecer, sexualidade já era um tema debatido na trama como bastante naturalidade. O intuito, desde o começo, era não fazer alarde em torno de algo que já devia ser bastante comum na nossa sociedade.

Samantha (Giovanna Grigio) e Lica (Manoela Aliperti) em "Malhação - Viva a Diferença"
Samantha (Giovanna Grigio) e Lica (Manoela Aliperti) em "Malhação - Viva a Diferença"

9 - Para muitos adolescentes, "Malhação" também sempre serviu para revelar novos artistas e músicas. "Viva a Diferença" cumpre esse papel, claro. Mas, além disso, existe na trama uma valorização dos nossos artistas nacionais, como Mutantes, Sabotage, Toni Tornado e Gilberto Gil. É muito legal ver uma produção nacional valorizando o que é feito por aqui.

Keyla (Gabriela Medvedovski) em "Malhação - Viva a Diferença"
Keyla (Gabriela Medvedovski) em "Malhação - Viva a Diferença"

10 - Por último, mas com certeza não menos importante, temos a valorização da educação em "Viva a Diferença". Existe todo um espaço na novela dedicado a mostrar como a edução é capaz de transformar as pessoas - e como isso deveria ser um direito de todos. E o melhor de tudo é que isso não é mostrado de uma maneira forçada, muito pelo contrário. É uma das mensagens que a temporada quer nos passar.

Dóris (Ana Flavia Cavalcanti) em "Malhação - Viva a Diferença"
Dóris ( Ana Flavia Cavalcanti) em "Malhação - Viva a Diferença"
Malhação
Quiz: você sabe dizer quais destes atores não começaram a carreira em "Malhação"?
Nova temporada de "Malhação" foi suspensa! Entenda o que rolou
Quiz: você consegue adivinhar qual é a temporada de "Malhação" pelo nome dos protagonistas?
Escolha entre estes personagens de "Malhação - Viva a Diferença" e diremos uma verdade sobre você
ver todas as notícias de Malhação Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema