Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Como ser antirracista? Publicação viraliza no Instagram com dicas reais que podem e devem ser feitas
Como ser antirracista? Publicação viraliza no Instagram com dicas reais que podem e devem ser feitas
Não basta não ser racista, é preciso ser antirracista. Apesar desse comportamento já ser cobrado há bastante tempo, essa frase ganhou mais atenção recentemente. Com as manifestações antirracistas que estão acontecendo nos Estados Unidos, o assunto ganhou mais atenção, principalmente nas redes sociais. Pensando nisso, o pesquisador Artur Santoro reuniu em uma publicação no Instagram o que pode ser feito na prática para ajudar nessa luta.

Se você está na internet, com certeza viu como protestos antirracistas cresceram dentro e fora da rede. Após o assassinato de George Floyd, nos Estados Unidos, o movimento Black Lives Matter foi mais uma vez às ruas protestar contra esse tipo de situação. Mas, como não é a primeira vez que esse tipo de situação acontece, o clima agora é de "basta". Afinal, estamos passando por uma pandemia e pessoas negras continuam morrendo pelas mãos do Estado. E mais do que falar sobre o racismo, chegou o momento de colocar o antirracismo em prática. O pesquisador Artur Santoro viralizou no Instagram após dar dicas que precisam começar a ser feitas agora.

1 - Falar sobre racismo

Como ser antirracista: fale sobre racismo
Como ser antirracista: fale sobre racismo

Antes de mais nada, é importante falar sobre racismo, principalmente se você for branco. Não adianta apenas pessoas negras entrarem em debates sobre o assunto. A mudança precisa vir de todos. Ou seja, se informe e fale sobre isso com outras pessoas brancas. E mais importante: não passe pano para atitudes racistas no dia a dia.

2 - Faça contribuição para projetos de pessoas negras

Como ser antirracista: ajude financiando projetos de pessoas negras
Como ser antirracista: ajude financiando projetos de pessoas negras

Apesar de algumas pessoas serem contra as cotas raciais, elas existem por um motivo. A escravidão de pessoas negras fez com que essa população crescesse em desigualdade. Uma pesquisa do Instituto Ethos, de 2016, mostrou que, entre as 500 empresas de maior faturamento do Brasil, apenas 6,3% dos trabalhadores em cargo de gerência são negros. Algo está errado aí, né? Para quem trabalha de forma independente então, a situação é ainda mais complicada. Por isso, é importante ajudar e financiar iniciativa de pessoas negras para que haja diversidade em todos os setores.

3 - Se informe

Como ser antirracista: se informe sobre o assunto
Como ser antirracista: se informe sobre o assunto

Muitas vezes a mídia tradicional não está muito preocupada em falar sobre a população negra, a não ser que seja uma data específica. É preciso ampliar o olhar e ir atrás de mídias alternativas que possuam uma linha editorial pautada pela diversidade.

4 - Acompanhe conteúdos produzidos por pessoas negras

Como ser antirracista: consuma conteúdo feito por produtores de conteúdo negros
Como ser antirracista: consuma conteúdo feito por produtores de conteúdo negros

Além de se informar sobre racismo e outros temas que fazem parte da vivência de uma pessoa negra, é muito importante consumir conteúdos feitos por eles que não sejam só sobre racismo. Você gosta de cinema? Veja filmes produzidos por pessoas negras. Não importa qual seja a sua linha de interesse, o Purebreak tem certeza que existe, pelo menos, uma pessoa negra falando sobre isso.

5 - Vamos falar sobre os brancos também?

Como ser antirracista: estude a branquitude também
Como ser antirracista: estude a branquitude também

Para muita gente, discutir sobre raça é falar sobre as experiências e vivências de uma pessoa negra e estudá-las com o intuito de compreender as particularidades que marcam essa comunidade. Mas você já parou pra pensar que a branquitude também é um raça que precisa ser estudada e analisada? Afinal, não é como se tivesse tudo "ok" entre a população branca, né?

6 - Não se culpe, aja!

Como ser antirracista: use o privilégio branco a favor da causa
Como ser antirracista: use o privilégio branco a favor da causa

Muitos brancos já entendem o privilégio que possuem e isso acaba gerando culpa em alguns. Porém, mas importante do que ficar se culpando por algo que é muito maior do que você, é importante usar desse privilégio para tentar mudar a estrutura racista da nossa sociedade.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema