Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

A semana está cheia de estreias para quem ama solos de K-pop. Na última segunda-feira (5), Soyeon, do (G)I-DLE, lançou seu mini-álbum "Windy" e nesta terça (6) Taeyeon, do Girls' Generation, estreou o clipe de "Weekend". Por isso, separamos 7 idols que, além dos grupos, apostam na carreira solo e que você precisa conhecer!

Os grupos são marcas registradas do K-pop, mas isso não significa que o gênero não tenha solistas muito bem sucedidos. Acontece que grande parte deles também tem um group para chamar de seu, enquanto apostam na carreira solo - como parte do BLACKPINK e do BTS.

Só nesta semana, tivemos duas estreias importantes. Nesta segunda-feira (5), Soyeon, do (G)I-DLE, liberou seu mini-álbum, "Windy" e logo no dia seguinte (6), Taeyeon, do Girls Generation, lançou clipe de "Weekend".

Mas existem vários outros comebacks solos, muito aguardados pelos fãs. Por isso, separamos sete idols que investem em solos que você precisa conhecer!

Rosé, do BLACKPINK

Que BLACKPINK é um sucesso inegável a gente sabe, mas a carreira solo de uma das quatro integrantes, Rosé, não fica atrás. Seu debut, em março de 2021, "Gone", alcançou a marca impressionante de 100 milhões de visualizações no Youtube na última segunda-feira (5). Seu outro hit, "On The Ground", estreou na Billboard 100, na posição mais alta na história entre cantoras solos de K-pop.

Suga, do BTS

Depois de RM, Suga foi o segundo membro do BTS a apostar em sua carreira solo. Com o alter-ego de Agust D, o cantor lançou dois álbuns: "August D", em 2016, e "D-2", em 2020. Durante o "BTS 2021 Muster Sowoozoo", os meninos apresentaram a faixa solo de Suga, "Daechwita", ganhando muito elogios dos fãs!

Jennie, do BLACKPINK

Antes de Rosé, Jennie, do BLACKPINK, já tinha dado seus passos na carreira solo. Seu debut foi "Solo", em novembro de 2018. O lançamento do hit, junto ao clipe, garantiu a primeira posição em vários charts coreanos e americanos para a cantora. Os BLINKS têm expectativa que um comeback de Jennie ocorra ainda em 2021.

Yeri, do Red Velvet

Yeri se juntou ao Red Velvet em 2015. O Instagram do grupo postou a faixa escrita, produzida e cantada pela artista, "1000", em celebração ao 1000º dia desde o seu debut, mas a música nunca foi oficialmente lançada pela gravadora. Assim, a estreia solo de Yeri acontece com "Dear Diary", em 2018. O clipe, como a música, é bem fofo e romântico.

Taeyeon, do Girls' Generation

O debut de Taeyeon foi como líder do girl group Girls' Generation, mas a artista tem também uma sólida carreira solo. Sua estreia sozinha foi em 2015, com o mini-álbum "I" e, desde então, vem batendo recordes e se consolidando como uma das maiores idols femininas da Coreia. Nesta terça-feira (6), Taeyeon lançou clipe de seu comeback, "Weekend", confira:

Soyeon, do (G)I-DLE

Quem também tem lançamento super recente é Soyeon, do (G)I-DLE. Na última segunda-feira (5), a artista liberou seu mini-álbum, "Windy", com clipe da faixa-título "BEAM BEAM". Esse é o comeback de Soyeon na carreira solo depois de três anos. O nome do projeto vem do alter-ego da Soyeon, que também se chama Windy.

Hwa sa, do MAMAMOO

Hwa sa foi a terceira integrante do MAMAMOO a buscar carreira solo, com a estreia do hit "Twit" em 2019. No ano seguinte, a coreana fez o debut de seu primeiro álbum, "Maria", com faixa-título de mesmo nome, que foi um grande sucesso entre os fãs. Apesar da cantora estar envolvida em muitos projetos do grupo, fãs acreditam que um comeback solo pode estar próximo.

A gente apoia os grupos e os solos também porque quanto mais, melhor! Qual outra investida na carreira solo dos idols de K-pop você também ama?

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema