Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Benefícios para o humor, proximidade na relação, ajuda ao sistema imunológico: você consegue dizer quais são os principais benefícios do abraço? Esse hábito tão comum, que virou até artigo de desejo na pandemia, vai muito além do que podemos pensar. Teste se você sabe tudo sobre o abraço e aprenda mais sobre esse ato tão gostoso.

Fala a verdade, existem poucas coisas mais gostosas do que abraçar quem a gente ama. Durante a pandemia, com o aumento de casos de coronavírus, esse hábito tão cotidiano se tornou cada vez mais raro, sendo muito antecipado. Muito mais do que uma demonstração de carinho, abraçar uma pessoa é capaz de produzir hormônios que realmente afetam o seu humor e bem-estar.

Enquanto a vacinação não chega para todes, vai se preparando para encher as pessoas amadas de muito amor e aproveita para responder esse teste de verdadeiro ou falso e descubra se você sabe tudo sobre o abraço.

Benefícios do abraço para sua saúde

Fez o teste e ficou querendo saber mais sobre os incríveis benefícios do abraço para sua saúde física e mental? Não se preocupa. Vamos falar um pouco mais sobre eles.

Abraçar reduz estresse e ansiedade

O primeiro benefício que chama atenção é a redução de estresse. Essa vantagem é algo fácil de sentir na prática, já que naturalmente procuramos abraços de pessoas queridas em dias difíceis.

Mas por que isso acontece exatamente? Assim como no beijo e no sexo, o abraço libera hormônios importantes para o nosso corpo. Seja quando abraçamos um familiar ou um crush, endorfina e oxitocina são produzidas com mais rapidez, oferecendo mais tranquilidade e leveza.

Só que é importante ressaltar que isso acontece com pessoas que, de fato, queremos abraçar. Envolver estranhos em seus braços provavelmente vai te deixar numa situação desconfortável, causando o efeito oposto.

Abraços podem aliviar a dor

Ainda pela liberação desses hormônios especiais, que estão associados à felicidade e ao amor, a sensação de dor física pode ser controlada durante um abraço. Mas, assim como tudo no corpo humano, o efeito não é instantâneo e é preciso que a pessoa se concentre no abraço sem "segundas intenções".

Ou seja, querer abraçar alguém só para ver se a dor passa provavelmente não vai dar certo. A produção de endorfina e oxitocina se dá muito pelo fato de estarmos envolvides no momento, concentrades no amor e no carinho. Então já sabe, né?

Animated GIF

Fortalece o sistema imunológico

Um estudo da Universidade da Pensilvânia resolveu separar um grupo de mais de 400 voluntários e observá-los durante a sua rotina. Nesse momento, os pesquisadores anotaram quem era mais suscetível a situações estressantes e quem tinha maior vida social.

Ao final daquele período, esses adultos foram expostos a um vírus e os cientistas descobriram que aqueles com maior interações sociais - abraços, beijos e carinhos, especificamente - tinham uma resposta imunológica melhor.

Assim que todo mundo estiver vacinado e protegido, partiu abraço coletivo de muitas horas para recuperar o tempo perdido!

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema