Sinopse

País de Origem: Estados Unidos

Gênero: Série ficcional

Título original: Stranger Things

"Stranger Things" é uma série de ficção científica estadunidense da Netflix, lançada em 15 de julho de 2016. A série se passa na cidade fictícia de Hawkins na década de 1980. No elenco, temos nomes como Millie Bobby Brown, Winona Ryder, David Harbour, Finn Wolfhard, Gaten Matarazzo, Caleb McLaughlin, Noah Schnapp, Sadie Sink, Natalia Dyer e Charlie Heaton.

A história começa com o desaparecimento de Will (Noah Schnapp) em 1983. Sua mãe, Joyce (Winona Ryder), seu irmão Jonathan (Charlie Heaton) e seus amigos Mike (Finn Wolfhard), Lucas (Caleb McLaughlin) e Dustin (Gaten Matarazzo) fazem de tudo para encontrá-lo. E é em uma das buscas que os três meninos se deparam com Eleven (Millie Bobby Brown), uma jovem menina com poderes telecinéticos que foi vítima de experimentos científicos.

Ao longo da narrativa, descobrimos que o menino está no Mundo Invertido, uma espécie de universo paralelo, com criaturas monstruosas. O caminho para esse destino foi aberto após experimentos mal sucedidos do governo americano. Vale lembrar que a história se passa durante a Guerra Fria, em que os Estados Unidos está em constante ameaça de conflito com a União Soviética. Os personagens também descobrem, com o passar do tempo, a ligação de Eleven com todo esse universo.

A 2ª temporada de "Stranger Things" foi lançada em 2017, a 3ª em 2019 e a 4ª em 2022. A produção foi criada pelos Duffer Brothers e traz diversas referências à cultura pop da década de 80 - fazendo com que o título se tornasse uma febre entre diferentes faixas etárias. Inclusive, a 3ª temporada é a quarta série mais assistida na história da Netflix.

"Stranger Things" fez sucesso em premiações, com quatro indicações ao Globo de Ouro e duas indicações ao Grammy por trilha sonora no currículo. Ao todo, a série ultrapassa a marca de 200 indicações, com mais de 60 vitórias.

Na 3ª temporada, a adição da personagem Robin (Maya Hawke) ganhou elogios, já que, ao final, a jovem se assume lésbica. A própria atriz já falou sobre o poder da representatividade LGBTQIAP+ na produção: "Eu fiquei muito, muito feliz com a maneira em que aconteceu", afirmou ao Entertainment Weekly. Há também rumores que Will pode fazer descobertas sobre sua sexualidade no futuro da série, porém, nada foi confirmado pelos produtores ou elenco.

O sucesso de "Stranger Things" também foi alvo de polêmica. Em abril de 2018, o cineasta Charlie Kessler processou os Duffer Brothers, alegando que a dupla teria plagiado seu curta, que fala sobre um menino que desaparece, com direito a experimentos científicos e outras dimensões. De acordo com Kessler, ele explicou a história para os produtores, ainda em 2014, durante evento de cinema. Entretanto, o processo não foi para frente já que, em 2019, Kessler teve acesso a documentos que provavam que os Duffer Brothers já haviam começado a rascunhar "Stranger Things" em 2010.

Novidades
Principais
notícias
Fotos