Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Admitir nossos erros nem sempre é fácil, mas é necessário. Nesta terça-feira (2), Ana Maria Braga se desculpou ao vivo no "Mais Você", por sua fala sobre um suposto "racismo reverso" cometido pela Lumena no "BBB21". Claro que a internet criticou bastante a apresentadora, pois o tal do racismo reverso não existe. Vem entender melhor a situação!

A apresentadora Ana Maria Braga abriu o "Mais Você" desta terça-feira (2) com um pedido de desculpas muito importante. No dia anterior, ela usou a expressão "preconceito reverso" ao rever uma fala da Lumena, participante do "BBB21" , e foi chamada a atenção por vários internautas. Ana trouxe para o programa o que aprendeu com esta situação toda, algo que muita gente ainda não entendeu: o "racismo reverso" não existe.

Em seu discurso de abertura, a apresentadora contou que as críticas a motivaram a buscar mais informação e entender seu erro. Ana Maria falou sobre como estudiosos da área explicam que as estruturas sociais impossibilitam que haja, em qualquer contexto, um "racismo contra brancos". Uma discussão muito importante para se ter em rede nacional, né?! É importante lembrar, também, que admitir seus erros e aceitar críticas é o primeiro passo para a nossa desconstrução. Confira o pedidos de desculpas da apresentadora:

Para contextualizar, te explicamos o que rolou. Lumena, em uma conversa com Fiuk, fez críticas a Carla Diaz, comentando sobre como a atriz estaria usando da sua branquitude dentro do "BBB21". Na visão da psicóloga, Carla estaria fazendo papel de "salvadora branca" ao colocar João e Camilla de Lucas no seu pódio, ao invés de Arthur - com quem ela está envolvida dentro da casa.

Nem todo mundo concordou com a visão de Lumena, mas foi aí que Ana Maria fez um comentário bem infeliz. "Eu não entendi esse negócio de branquitude, explica pra mim, porque você não é branquitude, então, né? (...) Da mesma forma, tá acontecendo um 'reverso' aí, né? Ali você tem que votar em alguém, não importa se é branco, preto, amarelo, vermelho, você tem que votar em alguém!", disse a apresentadora.

Nem é preciso dizer que uma coisa não tem nada a ver com a outra, né?! Independente da visão de jogo da Lumena, o racismo é uma forma de violência - física, mental e social - contra pessoas pretas, que continua sendo perpetuada na nossa sociedade, e isso é um fato. É preciso parar de espalhar desinformação e falácia do "racismo reverso". Que bom que a Ana Maria Braga reconheceu seu erro - e esperamos que mais pessoas também façam isso.

Globo
Gravações de "No Limite" chegam ao fim: saiba os possíveis finalistas
Adivinhe qual é a novela por uma imagem
"No Limite": 15 curiosidades sobre a Ariadna
"No Limite": Carcará ou Calango, qual equipe vai se dar melhor no reality show? Vote!
ver todas as notícias de Globo Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema