Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Se durante as Olimpíadas de Tóquio você também sentiu vontade de começar a andar de skate, o Purebreak está aqui para te ajudar! E já adiantamos: você não precisa ser nenhuma Rayssa Leal, com anos de experiência, para arrasar na modalidade. A skatista profissional e comentarista do Sport TV, Karen Jonz, separou algumas dicas para quem quer começar a andar de skate. Confira!

Quem está acompanhando as Olimpíadas de Tóquio, com certeza ficou apaixonade por Rayssa Leal, a fadinha do skate, de apenas 13 anos. Mas e se a gente te dissesse que para começar a praticar, você não precisa de um talento nato e nem de anos de experiência? Durante as Olimpíadas, sempre sentimos vontade de nos aventurar em algum esporte novo, mas raramente colocamos em prática esse desejo. O skate pode ser uma solução ideal, já que é democrático e mais acessível do que muitas outras modalidades olímpicas.

Para te ajudar nessa empreitada, conversamos com Karen Jonz, skatista profissional e comentarista das competições de skate no Sport TV. Confira as principais dicas que a atleta separou para quem quer começar a praticar!

Karen Jonz dá dicas para quem quer começar a andar de skate. Confira!
Karen Jonz dá dicas para quem quer começar a andar de skate. Confira!

Todes podem começar a andar de skate

Em comparação aos outros esportes olímpicos, começar a praticar skate é relativamente fácil - levando em conta aspectos como materiais necessários e locais ideais para o esporte. Para quem é iniciante, não é preciso muito. Karen Jonz, por exemplo, começou a praticar aos 17 anos. Ela chegou a vender bolo de banana para juntar dinheiro e comprar seu primeiro skate.

"O skate é muito democrático e inclusivo. Pode ser praticado por todas as idades e todos os gêneros. Cada um vai encontrar seus próprios desafios e superar os próprios limites", afirma Karen. Ou seja, não perca tempo pensando que não tem corpo ou idade para começar a andar de skate. O esporte aceita todo mundo!

No que investir para começar no skate?

Para os iniciantes na prática, não é necessário investir em um skate importado, que pode ser bem mais caro. De acordo com Karen Jonz, as marcas nacionais são mais acessíveis e apresentam boa qualidade e durabilidade. Segundo blogs da modalidade, um bom skate básico - ideal para quem está começando - pode variar entre R$100 e R$200, dependendo da loja e do modelo.

A skatista também lembra que, para começar, você pode até mesmo optar por um skate emprestado, para testar se realmente vai ter vontade de praticar antes de investir nos materiais.

"É também super importante investir em equipamentos de segurança, principalmente para iniciantes", lembra Karen. Por isso, joelheiras, cotoveleiras e capacete não são acessórios, mas peças obrigatórias para quem quer começar a andar de skate!

Primeiros passos para andar de skate

Você tem vontade de aprender skate e já tem o material. E agora? Chegou a hora de praticar. "Você tem que procurar um local adequado para praticar. Se já conhece alguém que anda, vale pedir dicas e até andar junto com a pessoa", sugere Jonz.

"Você não pode esquecer também de fazer alongamento e aquecimento para estar pronte para praticar", afirma Karen. Portanto, separe alguns exercícios de alongamento para a região da lombar, pernas, braços e pescoços e comece devagar, para o corpo ir aquecendo ao longo da prática.

Skateboard GIFs | Tenor

Skate park começa nesta terça-feira (3) nas Olimpíadas

Depois do sucesso do skate street nas Olimpíadas, trazendo duas medalhas de prata para o Brasil com Kelvin Hoefler e Rayssa Leal, chegou a hora do skate park dominar os jogos de Tóquio. A modalidade começa nesta terça-feira (3), com a classificatória feminina às 21h. A final será algumas horas depois, na madrugada de quarta-feira (4). As representantes do Brasil são Yndiara Asp, Dora Varella e Isadora Pacheco.

A competição masculina começa na mesma quarta-feira, às 21h, com Pedro Barros, Pedro Quintas e Luiz Francisco. Seguindo o mesmo esquema, a final será logo em seguida, após a definição das classificatórias.

Diferente do street, no skate park os competidores andam em uma pista grande, chamada de "bowl", semelhante a uma piscina vazia. Dessa forma, os atletas podem realizar diferentes performances no espaço.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema