Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Saúde mental é assunto sério e Jeongyeon, do TWICE, é a prova disso. A JYP Entertainment anunciou nesta quarta-feira (18) que a idol precisará fazer uma pausa das atividades do girlgroup para se dedicar ao tratamento do transtorno de ansiedade. Veja a seguir outros idols que sabem a importância de se cuidar e também tiveram um hiatus no trabalho.

Os fãs do TWICE receberam uma notícia triste na manhã desta quarta-feira (18). Em comunidado oficial, a JYP Entertainment anunciou que a integrante Jeongyeon será afastada das atividades do girlgroup porque está com síndrome de pânico e ataques de ansiedade. No comunicado, a empresa diz: "Depois de longas e profundas discussões, acompanhadas por medidas médicas profissionais, decidimos que Jeongyeon precisa de tempo suficiente para focar em sua recuperação e descansar [...] Informamos que Jeongyeon não irá comparecer nas atividades futuras do TWICE por algum tempo".

A JYP também afirma que a saúde do idol é a prioridade máxima e, por isso, tomaram a decisão de afastar a integrante, após conversas com a própria Jeongyeon e as outras integrantes do grupo. A gente sabe bem que saúde mental não é brincadeira e a artista realmente precisa estar bem para cumprir com um calendário tão apertado de atividades.

Cada vez mais, a saúde mental está virando tópico recorrente no K-pop, principalmente após algumas tragédias, como suicídios de grandes idols como Sulli, Jonghyun e Goo Hara. Por isso, o que já foi um grande tabu, está se tornando uma discussão um pouco mais natural e necessária. Pensando nisso, separamos 6 idols que já se afastaram de suas atividades para priorizar sua saúde. Veja a seguir!

Jeongyeon, do TWICE

Jeongyeon, do TWICE, se afastou do grupo para cuidar da saúde mental
Jeongyeon, do TWICE, se afastou do grupo para cuidar da saúde mental

Essa não é a primeira vez que a integrante do TWICE precisa de uma pausa para cuidar de sua saúde. Em outubro de 2020, a JYP fez um comunicado semelhante, informando que a integrante não poderia comparecer às atividades de divulgação do 2º álbum completo do girlgroup. Esse foi um dos motivos, inclusive, para que o lançamento de "Alcohol-Free" fosse tão especial, já que marcou a volta de Jeongyeon ao trabalho.

S.Coups, do SEVENTEEN

S. Coups, do SEVENTEEN, ficou afastado por cerca de quatro meses
S. Coups, do SEVENTEEN, ficou afastado por cerca de quatro meses

Um dos integrantes do SEVENTEEN também precisou de uma pausa para respirar e cuidar da saúde. Em novembro de 2019, a Pledis Entertainment anunciou que S. Coups iria ter hiatus por tempo indeterminado após ser diagnosticado com ansiedade. O idol ficou cerca de quatro meses afastado das atividades

S. Coups chegou a comentar sobre o período no documentário "SEVENTEEN: HIT THE ROAD". "Eu estava sempre ansioso por algum motivo, só que ficava muito feliz quando estava no palco. Mas a ansiedade cresceu e eu me senti muito agitado e assustado. E continuou assim por um longo tempo, mais tempo do que vocês imaginam", afirmou.

Yeonwoo, ex-integrante do MOMOLAND

Antes de sair do MOMOLAND, Yeonwoo teve um longo hiatus
Antes de sair do MOMOLAND, Yeonwoo teve um longo hiatus

Também em 2019, Yeonwoo, do MOMOLAND, deu um susto no fandom. A idol ficou meses afastada das atividades do grupo, sem que a empresa falasse sobre isso. Em determinado momento, citaram que Yeonwoo estaria ocupada com as gravações de um filme. Desde maio de 2019 sem aparições no girlgroup, a MLD Entertainment deu a explicação completa sobre o hiatus de Yeonwoo em agosto. De acordo com a empresa, além de gravar o filme, a artista estava em processo de recuperação de transtorno de pânico e, por isso, precisou de uma pausa nas atividades.

Alguns meses depois, em novembro de 2019, MLD Entertainment anunciou que tanto Yeonwoo, quanto a outra integrante Taeha, deixariam o MOMOLAND para se concentrar em suas carreiras solos.

Dawon, do WJSN

Dawon, do WJSN, também teve uma pausa em 2019
Dawon, do WJSN, também teve uma pausa em 2019

Em dezembro de 2019, a idol Dawom do girlgroup WJSN foi hospitalizada a fim de buscar um diagnóstico correto para seus sintomas de ansiedade. Os médicos confirmaram a hipótese e Dawom recebeu o laudo de transtorno de ansiedade. Com essa informação, a Starship Entertainment decidiu afastar a idol das atividades do grupo, para que ela pudesse descansar e se dedicar ao tratamento. Atualmente Dawon está presente nos compromissos do WJSN.

Não é à toa que o ano de 2019 foi marcado por tantos hiatus no K-pop. Como dito, Sulli e Goo Hara foram algumas vítimas fatais de transtornos mentais que tiraram suas vidas em outubro e novembro daquele ano, respectivamente. Por isso, as empresas começaram a perceber que - querendo ou não - a saúde mental deve ser valorizada.

HyunA

HyunA vive uma batalha contra a depressão
HyunA vive uma batalha contra a depressão

Com tantos idols de K-pop se abrindo sobre sua saúde, HyunA, ex-integrante do Wonder Girls e 4Minute, utilizou seu perfil no Instagram, em 2019, para falar sobre suas próprias batalhas. A artista revelou que foi diagnosticada com depressão e transtorno de pânico em 2016, mas demorou algum tempo para aceitar o laudo médico. "Eu sempre fui alguém tão forte, então não acreditei no diagnóstico de depressão e pânico. Eu não acreditei por um ano", escreveu na legenda. Vale lembrar que não tem nada de fraco em enfrentar um transtorno mental, pelo contrário.

Além disso, HyunA também sofre com síndrome vasovagal - que são desmaios provocados pela rápida queda da pressão arterial. Apesar de ter diversas explicações, o estado mental da pessoa pode piorar a condição. Por isso, em agosto de 2020, a P-Nation revelou que HyunA precisaria tirar uma pausa das divulgações de seu comeback com o single "Good Girl". Até hoje, a idol fica atenta a possíveis desmaios e está em tratamento para sua saúde mental.

Soyul, ex-integrante do Crayon Pop

Soyul participou do girlgroup Crayon Pop de 2012 até 2017
Soyul participou do girlgroup Crayon Pop de 2012 até 2017

Em outubro de 2016, Soyul precisou de uma pausa nas atividades do girlgroup que fazia parte, o Crayon Pop. Depois de cerca de um ano e meio sem apresentações do grupo, a preparação para o comeback acabou sendo muito pesada, intensificando a ansiedade da idol. A empresa responsável pelo grupo disse na época que a situação era mais grave do que o esperado - Soyul teve quadros de febre e tontura por conta da ansiedade. Em 2016, seu hiatus durou cerca de um mês e, já em 2017, a integrante saiu do Crayon Pop

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema