Jornalista e entusiasta do pop, posso escrever o dia todo sobre Taylor Swift ou BLACKPINK, enquanto maratono minhas séries preferidas.
Grupo de K-pop 2Z dá spoilers de shows no Brasil e se declara: "Nunca vou esquecer vocês"
9 Fotos
Veja as fotos!
O 2Z ainda não chegou no Brasil, mas não temos dúvidas de que o grupo de K-pop vai amar o país. Com eventos marcados em quatro cidades em junho, o quinteto - formado por Ho Jin, Ji Seob, Jung Hyun, Zunon e Bun Jun - conversou com o Purebreak sobre as expectativas com a A Crash Landing e revelou que amam fazer covers do BTS. Confira!

Com um pouco mais de dois anos de debut, o boygroup coreano 2Z já lançou uma série de músicas e firmou uma relação forte com o fandom. Tanto é que o quinteto fará sua primeira turnê no Brasil, em junho, chamada "A Crash Landing".

O 2Z irá passar por quatro cidades do país - indo de Rio de Janeiro e São Paulo até Recife e Fortaleza, onde farão sessões de autógrafos. Na capital paulista, o grupo também vai fazer um show.

Veja todas as informações sobre os eventos, que estão com os ingressos disponíveis pela Sympla!

2Z dá spoilers de shows no Brasil e mais!

Enquanto o 2Z não chega oficialmente em terras brasileiras, nós aproveitamos para conversar com os meninos e descobrir quais são as expectativas para os shows na América Latina, como é o processo de criação de música do grupo e, claro, tentarmos tirar alguns spoilers das apresentações por aqui. Confira!

1. Como é a relação do 2Z com os fãs brasileiros? Somos diferentes dos outros fãs?

Ho Jin: O Brasil fica a 18 horas da Coreia, é literalmente do outro lado do mundo. E se do outro lado do globo tem um lugar que nós esperamos ansiosos para visitar por dois anos é o Brasil. Eu já vi muitos fãs brasileiros postando desde o debut. Como resultado de seu constante interesse e dedicação, vamos ter a primeira turnê no Brasil. Estou tão feliz, acho que nunca vou esquecer o Brasil! E, claro, estou muito animado para conhecer a paixão dos fãs daí.

2. Qual é a música preferida de cada um para cantar ao vivo?

Bum Jun: "Keep the Promise". Posso soltar minha voz de forma sutil e acolhedora. Toda vez que canto essa música ao vivo, os meus dias de trainee passam pela minha cabeça e eu também me lembro perfeitamente do nosso primeiro show.

Zunon: A melhor música para mim, para cantar ao vivo, é "I Hope It Wasn't a Dream". A parte instrumental da música torna a faixa poderosa. Quando eu toco a parte antes do refrão, eu sempre me animo e acho que o vocal, principalmente nesse momento, é realmente atraente.

Jung Hyun: Já para mim é "Doctor". A música começa com instrumental forte, em que todos os sons combinam e a animação vai crescendo devagar. Tento segurar a animação quando o primeiro refrão chega logo depois, é explosivo. Quando apresentamos essa música, minha própria energia fica visível e é a música que acho mais divertida das canções de rock. Também estou curioso para saber como será a química com a plateia na hora dessa apresentação.

Ho Jin: Para mim é "It is U". Todas as músicas são bem legais, mas essa é especial. Foi um presente que nossos produtores nos deram para encerrarmos 2021 direito. A faixa tem uma sensibilidade única. Quando cantamos, é claro os nossos sorrisos no palco.

Ji Seob: Eu também acho que é "It is U". Na verdade, é minha música preferida do 2Z. É sobre o significado da música. "No final, o destino se vira e volta de novo". Essa frase é tão emocionante e interessante. Quando eu escuto, me lembro do passado do 2Z, por isso é a música que mais gosto de apresentar ao vivo.

3. Qual seria uma colaboração dos sonhos para o 2Z?

Bum Jun: O BTS é conhecido no mundo todo! Me emociono ao ver as performances no Youtube e ver as palavras "amor", "sonho", "esperança" e "desafio". Esses termos, que são muito usados nas letras do BTS, também estão relacionados com a história que queremos contar. Nós somos um grupo feito de iniciantes, que eram novos na música.

Enquanto estávamos caminhando, até chegar aqui, nós prometemos a nós mesmos e aos nossos fãs que seremos um grupo que irá crescer com você e que não iremos desistir. Era o desafio de nossas vidas e continua a ser bem difícil.

Nos últimos dois anos de pandemia, todos nós estávamos bem cansados. Por isso, achei que seria legal se as nossas músicas pudessem trazer esperança e bons sentimentos para os fãs. Então, tinha costume de fazer covers do BTS, com uma pegada do 2Z. É interessante dar um charme diferente às músicas do BTS, por isso, se tivéssemos uma colaboração com eles, iríamos querer mandar uma mensagem que tivesse um bom impacto nas pessoas.

4. Quais são algumas de suas inspirações na música?

2Z: Nossa inspiração vem de coisas do dia a dia. Por exemplo, como estamos nos sentindo naquele dia, como está o clima, a comida que comemos. Nas nossas músicas, por exemplo, "Stupid" começou com a gente se sentindo frustrado por sempre praticarmos no mesmo estúdio, sem poder ir lá para fora, por causa da pandemia. A música contém toda a emoção e a nossa história da nossa rotina.

A gente também se inspira em dramas e filmes. Muitas vezes, com essas histórias, conseguimos novos estímulos, que nunca tínhamos experimentado. Talvez seja por isso que o 2Z lançou tantas músicas para trilhas sonoras recentemente.

5. O que os fãs podem esperar do 2Z em 2022?

2Z: Como grupo, estamos preparando muitas novidades e queremos mostrar nossas músicas de várias formas. Vocês podem esperar conteúdos inéditos, que vamos lançar em breve - incluindo covers. Vamos estar ocupados com os preparativos da turnê, mas vamos continuar nos comunicando em lives. E, no final de abril, vamos fazer uma pequena performance na Coreia para marcar o começo da turnê A Crash Landing, em 2022. Terá transmissão ao vivo, então fiquem atentos!

6. Quais foram os maiores aprendizados que vocês tiveram desde o debut em 2020?

Jung Hyun: "Tudo depende da força de vontade". Nosso debut começou com a Covid-19. Se nós não estivéssemos lutando e com dificuldade no mesmo tempo em que o mundo todo estava passando por um desafio também, acho que não teríamos coragem de apresentar 27 músicas ao mundo, com nosso álbum completo, cinco EPs e seis singles. Talvez não tivesse turnê no Brasil, no México ou até essa entrevista com o Purebreak. Todos no planeta estavam em uma situação difícil, mas tivemos a vontade de permanecer no nosso caminho e tínhamos muita pretensão de seguir nossos sonhos. Tudo depende do seu ponto de vista e nada vai acontecer se você não fizer nada.

7. Vocês podem dar alguns spoilers para os fãs brasileiros sobre os shows e as sessões de autógrafos?

Ho Jin: Spoilers do show do Brasil? Eu dei tantos spoilers nas lives, que eu peguei essa pergunta para mim. Estamos preparando apresentações acústicas para a sessão de autógrafo. Recentemente também encontrei várias músicas brasileiras bem legais. São bem rápidas e difíceis de pronunciar, mas eu acho que vai ser um desafio divertido. A palavra-chave dos shows é: "Saindo". O que isso significa? Se você ficou curioso, venha ao teatro! Vejo vocês lá.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema