Rahabe Barros Redatora
Libriana, boa de papo e apaixonada por reality show. Louca por gatos, não vivo sem café e com planos de dar uma volta ao mundo são outras curiosidades ao meu respeito. Após 10 anos, sigo encantada pelo jornalismo e por essa evolução diária da comunicação
Olivia Rodrigo quer minimizar o tom emotivo e melancólico em seu próximo álbum da carreira. Em entrevista, a cantora fala sobre expectativas para novo disco e as muitas revelações em "Driving Home 2 U", que faz relembrar seu talento. "Eu realmente queria fazer esse filme para meus fãs, especialmente meus fãs que talvez não pudessem me ver em turnê", declarou.

"Sour" foi um ótimo álbum de estreia para Olivia Rodrigo. O disco liderou as paradas, é o lar de dois singles número 1 em "Drivers License" e "Good 4 U", e colocou a cantora como uma estrela da global. Quando se trata do próximo ano dela, porém, parece que as coisas serão diferentes em termos de seu tom emocional. "Espero que eu não fique tão triste no próximo disco", brincou a cantora com seu parceiro de composição e produtor Dan Nigro em entrevista à "Elle".

De acordo com Olivia Rodrigo, os dois são extremamente conscientes do desgosto, angústia e dor que eles canalizaram nas músicas que escreveram juntos. "Definitivamente não estou tão triste quanto estava quando escrevi 'Sour'. Estou muito animada para fazer meu próximo álbum e explorar mais cores, texturas e sentimentos e crescer ainda mais como ser humano. Estou realmente empolgada por isso", disse.

Olivia Rodrigo está prestes a lançar "Driving Home 2 U", no Disney+, que inclui filmagens pessoais, entrevistas reveladoras e apresentações ao vivo em todo o país. Além disso, revisita o momento difícil em que ela escreveu o álbum. Ela diz que não queria lançar "Deja Vu" como seu single de acompanhamento de "Drivers License" porque ela não amava a música e estava hesitante em criar uma narrativa competitiva de triângulo amoroso entre ela e outra garota. Rodrigo também diz que "Favorite Crime" foi sobre perdoar a si mesma e que "desgosto é uma via de mão dupla", aparentemente aceitando a responsabilidade pela separação também.

Olivia Rodrigo fala de "Driving Home 2 U"

Em "Driving Home 2 U", Olivia Rodrigo diz que foi difícil ouvir algumas de suas músicas depois de fazê-las porque ela as escreveu de um lugar de devastação. Mas mais de um ano depois, esse não é mais o caso.

"Estou um pouco distante deles agora. Na verdade, eu me sinto tão orgulhoso deles e é muito divertido cantá-los agora. E estou tão animado para cantá-los em turnê e espero que as pessoas cantem de volta. E eu só acho que quando você os coloca no mundo e eles ajudam as pessoas e as fazem felizes... não é mais tão devastador. E é uma coisa muito empoderadora", declarou ela, que não vem ao Rock in Rio 2022.

Há muitas revelações em "Driving Home 2 U" , mas, principalmente, serve para relembrar o talento de Rodrigo. "Eu realmente queria fazer esse filme para meus fãs, especialmente meus fãs que talvez não pudessem me ver em turnê", diz Rodrigo. "E então eu pensei que seria muito legal se eles pudessem ver os novos arranjos das músicas, como se fosse um show totalmente novo. Então eu me diverti muito tocando com diferentes sons e maneiras diferentes de posicionar essas músicas com as quais me senti confortável no ano passado. ... Foi como esticar um novo músculo criativo", completou.

Olivia Rodrigo
Olivia Rodrigo recebe elenco de "High School Musical: The Musical: The Series" em show
Por que a geração Z se identificou tanto com "Sour", de Olivia Rodrigo?
6 fatos sobre Zack Bia, suposto namorado de Olivia Rodrigo
Olivia Rodrigo diz que virá em breve para América Latina: "Meu sonho"
ver todas as notícias de Olivia Rodrigo Ver + matérias
Famosos
do momento
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema