João Maturana Estagiário
De sangue 100% escorpiano, João é filho do divórcio de Taylor Swift e Harry Styles e se encontrou no mundo da cultura pop.
A representatividade LGBTQIAP+ é importante em todos os níveis da sociedade e em todos os tipos de filmes, séries, novelas, desenhos animados e, também, animes. No geral, a presença de heróis queer nesse formato de história ainda é algo raro. Ainda assim, 13 personagens provaram que podem quebrar essa barreira e se destacaram como representantes da comunidade.

Os animes se tornaram muito famosos ao longo dos últimos anos. Esse tipo de desenho animado com uma forte carga dramática conta com histórias cativantes, tramas criativas, reviravoltas e, é claro, personagens icônicos. Então, como em qualquer tipo de narrativa, faz sentido que a gente queira ver minorias sendo representadas. Isso já aconteceu diversas vezes de maneira bem positiva, principalmente em relação à comunidade LGBTQIAP+. Mesmo que ainda tenhamos um longo caminho a avançar para que o número de personagens queer seja equivalente à realidade, veja 13 representantes da comunidade nos animes.

Kikunojo e Emporio Ivankov - "One Piece"

"One Piece" traz Emporio Ivankov, Bon Clay e os integrantes do Reino Kamabakka, que são uma representação da cultura LGBTQIAP+
"One Piece" traz Emporio Ivankov, Bon Clay e os integrantes do Reino Kamabakka, que são uma representação da cultura LGBTQIAP+

Kikunojo é um exemplo positivo de representatividade trans nos animes. A samurai é uma guerreira que conquista por conta própria o respeito entre os Piratas do Chapéu de Palha, mostrando sua força. Além disso, ela não é qualquer coadjuvante em "One Piece", tendo um desenvolvimento interessante durante a história.

Outro personagem LGBTQIAP+ de "One Piece" é Emporio Ivankov. Elu, assim como Bon Clay e os integrantes do Reino Kamabakka, são uma representação da comunidade queer em geral. E e personagem em destaque é extremamente revolucionárie e não tem um gênero definido, mas adora se montar de drag queen, se inspirando no Dr. Frank-N-Furter, do musical "The Rocky Horror Picture Show".

Ymir e Christa - "Attack on Titan"

Ymir confessa seu amor por Christa/Historia em um dos episódios de "Attack on Titan"
Ymir confessa seu amor por Christa/Historia em um dos episódios de "Attack on Titan"

Além de entregar metáforas à perseguição religiosa, opressão e outras críticas progressistas, "Attack on Titan" também conta com um casal lésbico maravilhoso. Estamos falando de Ymir e Christa/Historia. Em um dos episódios do anime, inclusive, descobrimos mais sobre o passado de Ymir e sobre uma carta que ela escreveu para sua amada, declarando seus sentimentos e confessando ter vontade de se casar com a moça. O relacionamento delas é bem transparente desde o início da trama e só cresce ao longo dos capítulos.

Sailor Urano e Netuno - "Sailor Moon"

O romance de Sailor Urano e Sailor Netuno em "Sailor Moon" foi censuardo em diversos países, por se tratar de um casal LGBTQIAP+
O romance de Sailor Urano e Sailor Netuno em "Sailor Moon" foi censuardo em diversos países, por se tratar de um casal LGBTQIAP+

"Sailor Moon" fez história. O anime de grande sucesso comercial inovou ao retratar o relacionamento entre Sailor Urano e Sailor Netuno na trama, quebrando vários tabus da época. O relacionamento entre es dues personagens foi alvo de censura em diversos países, que acharam melhor retratar elus como "primas". Além disso, Sailor Urano se descobre uma pessoa não-binária eventualmente.

Touya e Yukito - "Sakura Card Captors"

"Sakura Card Captors" também foi censurado por causa do casal Touya e Yukito
"Sakura Card Captors" também foi censurado por causa do casal Touya e Yukito

Assim como "Sailor Moon", "Sakura Card Captors" também foi censurado por conta do seu conteúdo LGBTQIAP+. Mesmo assim, não dá para esconder a química gritante entre Touya e Yukito. No início do anime, Sakura até tinha uma quedinha por Yukito, só que o garoto nutria sentimentos pelo irmão da estrela da história. Depois de um tempo, o amor entre os dois fica ainda mais evidente.

Megumi Fushiguro - "Jujutsu Kaisen"

Megumi é um personagem LGBTQIAP+ no anime "Jujutsu Kaisen", ainda que sua orientação sexual não seja especificada
Megumi é um personagem LGBTQIAP+ no anime "Jujutsu Kaisen", ainda que sua orientação sexual não seja especificada

A orientação sexual de Megumi não fica tão explícita em "Jujutsu Kaisen", mas que ele é do vale, ele é. Isso porque, em determinado episódio, quando questionado sobre o tipo de mulher/homem que ele gosta, Megumi respondeu: "Não tenho preferência nenhuma. Se a pessoa tiver uma personalidade inabalável, não precisa de mais nada". Essa afirmação abre espaço para interpretação, uma vez que ele pode ser tanto bi quanto pansexual. De qualquer forma, sua sexualidade é monodissidente - o que significa se atrair por mais de um gênero ou nenhum.

Dio Brando - "JoJo Bizarre Adventure"

Dio Brando traz uma representatividade bissexual complexa em "JoJo Bizarre Adventure"
Dio Brando traz uma representatividade bissexual complexa em "JoJo Bizarre Adventure"

E temos vilão da comunidade LGBTQIAP+ também! Mostrando que a população queer é plural e pode ser representada por personagens bastante complexos, "JoJo Bizarre Adventure" nos presenteia com Dio Brando, um dos vilões mais amados pelos fãs de animes, que é bissexual.

Shinji e Kaworu - "Neon Genesis Evangelion"

Shinji, de "Neon Genesis Evangelion", é bissexual
Shinji, de "Neon Genesis Evangelion", é bissexual

Ainda que Shinji tente se relacionar com diversas mulheres ao decorrer de "Neon Genesis Evangelion", ele vive um lindo e breve romance com um menino, Kaworu, no final da história. O casal se tornou rapidamente um dos favoritos dos fãs do anime.

Fire Emblem - "Tiger & Bunny"

Por mais que o anime "Tiger & Bunny" tenha problemas, o personagem Fire Emblem é um representante da comunidade LGBTQIAP+
Por mais que o anime "Tiger & Bunny" tenha problemas, o personagem Fire Emblem é um representante da comunidade LGBTQIAP+

"Tiger & Bunny" tem alguns problemas em relação a estereótipos e situações problemáticas presentes ao longo da trama, mas o personagem Fire Emblem serve uma importante representatividade para jovens gays, negros e gênero fluído que assistem à produção.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema